Sr. Joe Satriani vem e mostra todo seu glamour em São Paulo

E o glamour do Rock tem vez: Joe Satriani, um dos maiores guitarristas do mundo, e com uma carreira brilhante cheia de conquistas, se envida do palco belíssimo do Espaço das Américas.

Data: 7.12.2016 – Local: Espaço das Américas – SP – Hora: 21:00

Assim que os portões se abriram, a delicadeza da produção do evento já foi sentida. As cadeiras estavam com numeração marcada, cada convite tinha seu lugar a “lua” reservado. Um belo serviço de bordo esperando pelos afoitos em se divertir com qualidade, tudo impecável.

Logo os avisos aparecem nos dois telões aos lados direito e esquerdo do palco, as luzes que iluminavam a casa bem cheia se apagam, e ele entra com seu óculos escuro e empunhando uma guitarra, já entrando no clima com Shockwave Supernova”, belo som doce e intenso.

A  banda forma um time de grandes nomes da música: Bryan Beller (baixo), Marco Minnemann(bateria) e Mike Keneally (guitarra e teclados), onde Joe celebrava seus 30 anos de carreira, um show cheio de emoções. Satriani Fez questão de apresentá-los devidamente já no primeiro som.

Na paltéia, almas tocadas e muitos suspiros. Satriani entoa Flying in a Blue Dream”, que arranca muitos gritos e agita a galera sentadinha, super comportadamente… “Ice 9” dá aquele espaço para o baixo de Bryan brilhar cm um solo pegado no jazz e seguido de palmas. Um duelo de guitarras também se mostra: Satriani – com sua Ibanez X Mike – com sua Strato fender.

Realmente isso é pra poucos viu.. e ouvir os sons ao vivo é mesmo sensacional . . não é só o ouvido que sente.. o corpo todo vibra com o som metalizado proveniente dos dedos treinados e perfeitos dessa fera. O palco estava repleto de luzes fazendo a cama para as músicas, os telões mostravam os músicos, mas o telão do meio mostrava imagens conforme as músicas passavam. Uma experiência para sentir com a alma, sem sombra de dúvidas.

Satriani abre as falas da noite dizendo que nunca tinha tocado no Espaço das Américas, e que gostou muito do local. Que adoram tocar no Brasil, e falou dos colegas, mais uma vez exaltando seus talentosos companheiros de palco. E, assim anuncia “Crystal Planet”, os dedos desse cabra parecem ser sobrenaturais, rs.

Ele fez várias trocas de guitarra, branca, preta, vermelha. “O Peregrine Wings”, tem aquele gingado, quase brasileiro, muito bem executada e cheia de swing. Satriani agradece os fãs por acompanharem seus 3 anos de só instrumental, e traz “Friends”, que ele dedica a todos que estão ali e a todas as pessoas que passaram pela vida dele. O povo curte muito, mas ainda está sentado. A bateria de Marco faz a introdução para “If I Could Fly”, o povo acompanha com palmas, espontaneamente.

Joe aparece com uma guita avermelhada poderosíssima. Então aquela romântica aparece “Butterfly and Zebra”, que logo dá espaço para “Cataclysmic” e “Summer Song”, sons que levam a platéia a dimensão metalizada das guitarras de Joe e Mark, que aliás, formam um dupla e tanto ein. O palco agora é de Bryan, eu executa um solo de bateria bem compassado e intenso. Um dos pratos cai e Mark, sem parar de tocar, se abaixa e pega, mas não tem como ajeitar corretamente, então Satriani surge e segura pra ele tocar, muito aplaudido, ele sai e deixa um roadie cuidado do percalço. Foram quase 10 minutos de solo. Arrancou muitos aplausos da turma comportada.

A banda retorna para fazer “Crazy Joey”. Mike presenteia a turma com um solo de teclado, cheio de efeitos e magias. Seguem com mais algumas do set, para fazerem a saída clássica antes do Bis.

Logo, após alguns “Satrianis” no grito da galera, retornam com “Big Bad Moon”, que finalmente arranca alguns fãs mais empolgados dos assentos, e vão bem pra frente do palco curtir com a banda. Nessa Joe canta algumas frases, e realmente encanta esses fãs ávidos.  E, para finalizar, a mais esperada da noite – “Surfing With The Alien”, que foi maravilhosamente executada. Acaba aqui a aventura Satriani no Espaço das Américas.

Uma apresentação belíssima e regada ao bom gosto e refino. Parabéns a produção pelo show impecável, pela escolha da casa e pelo carinho com os fãs exigentes do mestre Joe Satriani. Que venham muitos mais!

 Set list Satriani Espaço das Américas – 7/12/2016

  1. Shockwave Supernova
  2. Flying in a Blue Dream
  3. Ice 9
  4. Crystal Planet
  5. On Peregrine Wings
  6. Friends
  7. If I Could Fly
  8. Butterfly and Zebra
  9. Cataclysmic
  10. Summer Song

Solo de Bateria

  1. Crazy Joey

Solo de Teclado

  1. Luminous Flesh Giants
  2. Always With Me, Always With You
  3. Solo de baixo + Rock Medley (Deep Purple, AC/DC, Jimi Hendrix)
  4. Crowd Chant
  5. Satch Boogie

Encore:

  1. Big Bad Moon
  2. Surfing With the Alien

Agradecemos a Catto Joia pelo credenciamento e parceria.