Earthless @ Fabrique Club – São Paulo/SP (03/11/2018)

Em outubro desse ano, aconteceu o Abraxas Fest, um evento em comemoração de 5 anos da produtora Abraxas e contamos com quatro bandas, entre elas Eyehategod e Samsara Blues Experiment, um ótimo festival por sinal. E como a Abraxas acerta em todas, dessa vez, trouxeram a banda norte-americana Earthless em uma turnê conjunta com os franceses do Mars Red Sky, para shows em São Paulo, na Fabrique Club, e no Rio de Janeiro, no La Esquina. Separados, Earthless se apresentou em Florianópolis e em Belo Horizonte, e o Mars Red Sky, passou por Palmas. Estive presente para os shows em São Paulo, que também, tivemos o prazer em assistir a banda brasileira Psilocibina, que também se apresentou no Rio de Janeiro. Três excelentes bandas no line-up da noite, três power trios, seria uma noite inesquecível e da mais pura psicodelia que se pode imaginar, é isso mesmo, Abraxas acertou novamente.

Psilocibina

Primeira banda da noite, foi o trio carioca do Psilocibina. Formado há poucos anos, a banda acabou de lançar seu primeiro álbum de estúdio, de nome homônimo, e nessa apresentação, foi nos apresentado o repertório desse disco e nele, pudemos apreciar grandes técnicas de cada integrante em excelentes músicas compostas, um ótimo rock psicodélico repleto de riffs bem elaborados, solos de guitarra, bateria intensa, uma qualidade impressionante que possui esse trio. O tamanho talento que eles adquirem, já foi mostrado logo nas primeiras músicas do set, “Supernova 3333” e “2069”, o que deixou qualquer um fascinado. A banda fez um breve agradecimento ao público e a produção do evento, e logo partiram para “Galho”, porém, executaram a segunda parte da faixa, executaram da metade ao final dela. Bem rápida e empolgante. “Na Selva Densa” foi a próxima, para depois voltarem na “Galho”, mas dessa vez, resolveram executá-la inteira. Veio na sequência “Trópicos” e para encerrar, “Lsd”.

Setlist:

1. Supernova 3333
2. 2069
3. Galho Pt.2
4. Na Selva Densa
5. Galho
6. Trópicos
7. Lsd

Line-up:

Alex Sheeny – Guitarra
Rodrigo Toscano – Baixo
Lucas Loureiro – Bateria

Mars Red Sky

Com a casa um pouco mais cheia, foi a vez de conferir os franceses do Mars Red Sky. Iniciaram o repertório com a intro de “The Light Beyond” para logo vir “Alien Grounds / Apex III”. Seus riffs pesados e longos, efeitos na guitarra, vocais deliciosos, batidas intensas na bateria, foram algumas características que rapidamente, nos cativaram e mostraram a grande técnica que o trio adquire. Uma breve interação com o público, agradeceram e disseram que estão felizes por retornarem a São Paulo. Prosseguiram o show com “Hovering Satellites” do “Stranded in Arcadia” (2014) e “Mindreader” do seu último álbum “Apex III (Praise for the Burning Soul)” (2016). Com alguns efeitos sendo reproduzidos, foram para “Be My Guide” do EP homônimo lançado em 2013. Mais efeitos tocados e executaram uma música nova, que provavelmente, estará presente no próximo lançamento da banda. Um excelente som, assim como nas anteriores, segue aquela ótima pegada, repleto de talento e peso. Indo para seu primeiro disco, intitulado “Mars Red Sky” (2011), veio duas faixas para encerrarem a apresentação: “Marble Sky” e “Strong Reflection”. Mesclando stoner rock e o rock psicodélico, Mars Red Sky realizou um show bem atraente, vindo de um ótimo repertório muito bem executado.

Setlist:

1. Alien Grounds / Apex III
2. Hovering Satellites
3. Mindreader
4. Be My Guide
5. New Song
6. Marble Sky
7. Strong Reflection

Line-up:

Julien Pras – Vocal e Guitarra
Jimmy Kinast – Vocal e Baixo
Mathieau Gazeau – Bateria

Earthless

Chegou o momento mais esperado da noite, a vez do Earthless. Logo de cara, havíamos percebidos que o baixista Mike Eginton, não pode comparecer ao show, devido a problemas de saúde. Portanto, o seu substituto foi o Rodrigo Toscano, sim, o próprio baixista do Psilocibina, que já havia tocado antes e tocou novamente nessa mesma noite, que ótima admiração e responsabilidade ele teve que assumir nesse dia. E já adianto, foi extremamente competente durante toda a apresentação, brilhou em mais uma performance. Em seus lugares apostos, iniciam os trabalhos com “Uluru Rock” do “From the Ages” (2013). Um riff de guitarra bem gostoso e envolvente que percorreu durante toda a execução e com inúmeros solos de guitarra do Isaiah, fazendo com que impressionasse qualquer um presente, cada solo realizado era de uma extrema técnica e sendo executados magistralmente, era algo inacreditável a duração que o Isaiah solou apenas naquela música, tanto que a execução durou seus aproximados 20 minutos. E com o Rodrigo e o Mario mandando ver no baixo e na bateria, fazendo as excelentes harmonias.

Após, “Electric Flame” do mais recente álbum “Black Heaven”, foi outra que merece destacar seu empolgante riff de guitarra, mais solos do Isaiah, a bateria intensa e já podemos citar a inclusão dos vocais do Isaiah na composição. Sons de ventos sendo reproduzidos para vir “Gifted by the Wind”, outra composição com seus riffs bem empolgantes e prazerosos. Após, executaram a espetacular “Flower Travelin’ Man”, do “Sonic Prayer” de 2006. Que ótima composição, com mais excelentes e longos solos de guitarra, andamento bem ritmado da bateria, riffs marcantes e aquela típica duração de seus 20 minutos aproximados. Uma verdadeira aula de rock progressivo e psicodélico que presenciamos. Depois dessa excepcional música, o Isaiah agradeceu ao público e agradeceu ao baixista Rodrigo, por ter assumido o cargo do Mike naquela noite. Tocaram “Volt Rush”, composição com uma duração rápida e bem agitada. E para finalizar, executaram um cover, “Cherry Red” da clássica banda The Groundhogs.

Foi uma grande noite que presenciamos na Fabrique Club. O Psilocibina nos impressionando com seu ótimo rock psicodélico, o Mars Red Sky e seu grande stoner/psicodélico/progressivo nos cativando e a ótima aula de rock progressivo realizada pelos talentosos do Earthless. Para quem curte esses gêneros musicais e uma viagem maluca, foi um prato cheio para se deliciar e apreciar dignos talentos poderosos.

Setlist:

1. Uluru Rock
2. Electric Flame
3. Gifted by the Wind
4. Flower Travelin’ Man
5. Volt Rush
6. Cherry Red (Cover The Groundhogs)

Line-up:

Isaiah Mitchell – Vocal e Guitarra
Mario Rubalcaba – Bateria
Rodrigo Toscano – Baixo

Fotos: Leca Suzuki

Giancarlo Rossi

Giancarlo Rossi

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. E Adora Cinema.
Giancarlo Rossi

Giancarlo Rossi

Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. E Adora Cinema.