Pra ficar na história – Tâmo aí na Atividade!! Uma celebração ao Charlie Brown Jr.

CELEBRAÇÃO AO CHARLIE BROWN JR. – TÂMO AÍ NA ATIVIDADE!

“Acho que assisti ao show mais lotado que o Chorão já fez, quando abriram para o Linkin Park (80 mil pessoas no estádio do Morumbi em 2004), como ele tava feliz… ele era FELIZ no palco… Caindo do skate, errando a letra, mil palavrões… Cantava amor, rebeldia, revolta… ISSO É ROCK!!!

Dia triste!”

Escrevi isso no dia da morte do Chorão. Seis meses depois senti tudo de novo quando aconteceu com o Champignon. Duas perdas irreparáveis pro rock.

Pouco mais de um ano depois, em 13 de abril de 2014 rolou a Celebração ao Charlie Brown Jr. Uma festa de despedida, como deveria ter. Festa perfeita com amigos, muitos amigos. E boa música, lá no Estância Alto da Serra.

Foi organizada pelo Alexandre Abrão, filho do Chorão e começou as duas da tarde com o show do Garage Fuzz, banda já antiga na cena do hardcore que nasceu em Santos como o Charlie Brown. Logo em seguida entrou Dead Fish com seu som independente e Rodrigo Lima, vocal totalmente fora do estereótipo roqueiro, passaria facilmente por um “mero mortal” com seu corte de cabelo fofinho, mas que tem fogo nos olhos quando canta. Como ainda era dia, o show foi um bom esquenta.

Tâmo Aí na Atividade - Rodrigo (Dead Fish) @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade – Rodrigo (Dead Fish) @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade - Emicida @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade – Emicida @ Foto: Jair Gomes Silva

As 5 da tarde entrou Emicida no palco, acompanhado de um DJ e só. O cara é um showman, levantou a galera apesar do som ser diferente do público. Misturou seu Rap com Queen (“We Will Rock You”) e Nação Zumbi. Disse que o Chorão inspirou e ajudou muito o cenário do Rap. Encerrou o show com “A Rua é Nois” e todo mundo pedindo BIS.

Tâmo Aí na Atividade - Suicidal Tendencies @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade – Suicidal Tendencies @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade - Suicidal Tendencies @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade – Suicidal Tendencies @ Foto: Jair Gomes Silva

Quando Suicidal Tendencies apareceu, foi quebrando tudo. As rodas se formaram até na pista VIP (que é incomum) e apesar do excesso de alguns fãs, foi um show de primeira. Senhores dando aula de disposição e simpatia. Em dois momentos do show, Mike Muir chamou as pessoas para subirem ao palco, claro que não deu muito certo e foi o caos, mas nada tirou o brilho da apresentação da banda referência do CBJr.

Tâmo Aí na Atividade - Mano Brown @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade – Mano Brown @ Foto: Jair Gomes Silva

Mano Brown com sua bengala laranja e super rouco deu apenas uma palhinha de 20 minutos com também rapper Dexter. Ao contrário do Emicida, contei 23 pessoas no palco entre fotógrafos, DJ´s, cantores e um pessoal que só dava apoio moral. Fecharam com “Vida Loka” deixando o palco aquecido pro grande show da noite.

Tâmo Aí na Atividade - Di Ferrero (NX Zero) @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade – Di Ferrero (NX Zero) @ Foto: Jair Gomes Silva

Mas o momento ápice da noite era mesmo o Charlie Brown Jr. e seus convidados. MarcãoThiago CastanhoBruno Graveto e Heitor Gomes estavam muito emocionados e foram chamando um a um as participações especiais como Egypcio do Tihuana, Di Ferreiro do NX ZeroSupla, João Gordo, Galera do RZOEmicida, Andreas Kisser e Marcelo Nova, entre outros. Fizeram 22 anos da banda em 2 horas de show, vou mandar o setlist e as participações:

Tâmo Aí na Atividade - Marcão (CBJR) @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade – Marcão (CBJR) @ Foto: Jair Gomes Silva

Como tudo começou, entraram com o primeiro single lançado pela banda, O CORO VAI COMÊ, com Egypcio nos vocais e já emendaram TUDO O QUE ELA GOSTA DE ESCUTAR, PROIBIDA PRA MIM e ZÓIO DE LULA.

Tâmo Aí na Atividade - Graveto @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade – Graveto @ Foto: Jair Gomes Silva

Alexandre do Natiruts cantou CÉU AZUL e era só olhar em volta pra notar muita gente chorando. Mas o Supla cortou logo esse sentimento pedindo alegria pra galera e agitando geral com HOJE EU ACORDEI FELIZ e RUBÃO – O DONO DO MUNDO. João Gordo continuou o peso com VIDA DE MAGNATA que também contou com Andréas Kisser e Rafael Bittencourt acompanhando nas guitarras.

Tâmo Aí na Atividade - Supla @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade – Supla @ Foto: Jair Gomes Silva

Kisser também se arriscou como vocalista em SO FAR AWAY. Marcelo Mancini, vocalista do Strike mandou NÃO É SÉRIO, PAPO RETO e PONTES INDESTRUTÍVEIS. Marcio Mello pediu um minuto de muito barulho pela saudade e foi atendido.

Tâmo Aí na Atividade - Emicida @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade – Emicida @ Foto: Jair Gomes Silva

Emicida voltou ao palco junto com a baixista Lena Papini da banda A Banca pra tocar COMO TUDO DEVE SER. Em seguida Di Ferreiro juntou DIAS DE LUTA, NÃO DEIXE O MAR TE ENGOLIR, SÓ OS LOUCOS SABEM (que a platéia cantou sozinha) e CONFISCO.

Tâmo Aí na Atividade - João Gordo e Andréas Kisser @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade – João Gordo e Andréas Kisser @ Foto: Jair Gomes Silva

Fernando Deluque do RPM com TE LEVAR, Marcelo nova com HOJE, Família RZO com BICHO SOLTO e Murilo Lima, ex-vocal do Capital Social, com ME ENCONTRA fecharam os convidados especiais da noite.

Alexandre finalizou o show cantando MEU NOVO MUNDO e, claro, UM DIA A GENTE SE ENCONTRA. Todo o show foi emocionante e esse final ainda mais. Novamente várias pessoas chorando por todo lado.

Tâmo Aí na Atividade - Alexandre Abrão filho do Chorão) @ Foto: Jair Gomes Silva

Tâmo Aí na Atividade – Alexandre Abrão (filho do Chorão) @ Foto: Jair Gomes Silva

Foi um evento muito bem organizado, na entrada, saída, alimentação, todas as bandas entraram nos horários determinados, enfim, foi um sucesso. Cinco mil pessoas que, apesar de nostálgicas, saíram satisfeitas com a linda homenagem a dois grandes caras da nossa música.

Que venham outros eventos assim, que A BANCA tenha uma longa vida e que esse legado do CBJr. não desapareça.

Porque SÓ OS LOUCOS SABEM!

Texto: Paula “Lua” // Fotos: Jair Gomes Silva // Filmagem: Lucas “LS”
Agradecimento especial a Hoffman & O’brian pela atenção e credenciamento.

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos