Uli Jon Roth @ Carioca Club – São Paulo/SP (28/09/2018)

Em turnê promovendo a comemoração de incríveis 50 anos de carreira, o lendário guitarrista alemão ULI JON ROTH, com a sua banda de apoio, tocaram na noite da última sexta-feira, no Carioca Club, concentrando quase exclusivamente a clássicos do Scorpions na fase mais hard rock da banda (que está eternamente na sua turnê de despedida).

O show durou mais de duas horas, mas se dependesse do velhinho gente fina, tinha tudo para se estender tamanha a energia demonstrada em cada música e os incontáveis e classudos solos.

Logo de cara, o riff de “All Night Long” já animou o razoável público presente na casa. Lembrando que este clássico do Scorpions foi lançado no álbum ao vivo “Tokyo Tapes”.

Depois veio “Longing for Fire”, um hard rock bem simples e direto em seus quase 3 minutos de execução. Para emendar outra faixa do álbum “In Trance” de 1975, ULI mandou a bluseira “Sun in My Hand” e cantou pela primeira vez na noite. Confesso que acho a voz dele mediana, portanto melhor solar, que foi a melhor parte.

“The Sails of Charon” é uma das minhas músicas favoritas do Scorpions e ao vivo com ULI mandando ver na guitarra, a história é outra. Foi algo lindo de ver e destaque também para Niklas Turmann que foi o vocalista, sem querer parecer Klaus Maine, fez o feijão com arroz com toda a competência.

A primeira balada típica do hard rock setentista foi “We’ll Burn the Sky”, com uma pegada de blues também mostrou toda a técnica de ULI JON ROTH na harmonia e na parte mais pesada. Assim como a linda “In Trance”, outra que diminui o som no início com apenas as dedilhadas de ULI para depois ficar bem agressiva.

Na metade do show, a banda se retirou e um banquinho foi colocado para ULI sentar e mandar um acústico ao lado de Niklas para delírio da plateia.

Em menos de um minuto veio a dobradinha “Rainbow Dream Prelude” para vir com “Fly to the Rainbow”, outro clássico do Scorpions.

“Catch your Train” do “Virgin Killer” e “Dark Lady” fecharam antes do bis.

Na volta para o esperado bis, a última música do Scorpions, “Yellow Raven” foi a ideal para deixar todos os fãs da clássica banda satisfeitos.

Depois foram dois covers para encerrar a já madrugada de sexta pra sábado: “All Along the Watchtower” feita por Bob Dylan, mas eternizada por Jimi Hendrix e por fim, “Little Wing”, do próprio Hendrix, com ULI tocando demais na bela homenagem feita.

Setlist:

1. All Night Long
2. Longing for Fire
3. Sun in My Hand
4. The Sails of Charon
5. Don’t Tell the Wind (Zeno cover)
6. We’ll Burn the Sky
7. In Trance
8. Acoustic Guitar Solo (Uli John Roth & Niklas Turmann)
9. Rainbow Dream Prelude
10. Fly to the Rainbow
11. Polar Nights
12. Pictured Life
13. Catch Your Train
14. Dark Lady

Encore:

15. Yellow Raven
16. All Along the Watchtower (Bob Dylan cover)
17. Little Wing (The Jimi Hendrix Experience cover)

Texto: Alessandro Rossi

Fotos: Leca Suzuki

Giancarlo Rossi

Giancarlo Rossi

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. E Adora Cinema.
Giancarlo Rossi

Giancarlo Rossi

Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. E Adora Cinema.