Tokio Hotel faz show no melhor estilo balada eletrônica alemã em São Paulo

tokyohoteljpnForam longos 5 anos de espera, para finalmente os alemães do grupo Tokio Hotel retornarem ao país. Com a turnê “Fell It All”, os músicos sacudiram o público que compareceu ao Citibank Hall, nesta última sexta-feira, 28, em única apresentação na capital paulista. A banda executou músicas de seu mais recente trabalho “Kings Of Suburbia”, lançado em 2014, bem como seus principais sucessos ao longo da carreira.

Rock Alternativo Germânico

Tudo começou em meados dos anos 2000, o grupo compunha letras introspectivas, sobre desilusão amorosa e conflitos adolescentes, cantadas em alemão e posteriormente em inglês, além do figurino ser mais calcado para o gótico/dark e predominantemente preto. O grupo poderia ser confundido e/ou incluído facilmente nas listas de bandas ‘emocore‘ que estouraram naquela época, com suas melodias intrínsecas e guitarras pesadas. Mas… Fato é que o quarteto formado pelos irmãos gêmeos idênticos: Bill (vocal) e Tom Kaulitz (guitarra), tendo Gustaf Schäfer (bateria) e Georg Listing (baixo), cresceu, estão adultos e na bagagem musical houve uma visível evolução, trazendo a banda ao formato mais pop e eletrônico, com forte influências de Synthpop, sem desvencilhar de seu rock original e alternativo de outrora.

Festa eletrônica no melhor estilo alemão!

A proposta de diversão eletrônica que o grupo apresentou em São Paulo foi fenomenal! O show começou sem atraso, como marcado para às 22h. As cortinas finas com retroprojetor mostravam imagens psicodélicas, acompanhadas da longa introdução e luzes rítmicas, precedendo a música “We Found Us”, presente em seu disco de trabalho já citado citado “Kings Of Suburbia”.

O figurino do grupo esbanjava detalhes futuristas, principalmente de Bill, que trajava roupa de soberano, com direito a capa e coroa dourados, enquanto cantava, observava a euforia de seus súditos, que entoavam as faixas seguintes “Girl Got A Gun” e “Darkside Of The Sun” em uma só voz,  tomados pela emoção de ver novamente – ou pela primeira vez – o grupo no palco.

As batidas eletrizantes do som moderno e atual fabricado pelo Tokio Hotel causou frenesi nos fãs presentes, ainda que em menor número se comparado com a primeira vez que estiveram na capital, em 2010 na já inexistente casa Via Funchal.

Na sequência, Bill dedicou a canção “Covered In Gold”, àqueles que sentiam-se desiludidos com seus amores. Os fãs não resistiram ao ritmo pscicodélico de “Feel It All”, todos vibraram, dançaram, pularam com a verdadeira festa germânica proporcionada pela banda.

Rufaram os tambores de Tom e Georg, na introdução de “Lounder Than Love”, com pedido de Bill para que o público cantasse o mais alto que pudesse! “Never Let You Down” manteve o público empolgado.

O momento que todo fã espera é desfrutar de alguns minutos no palco junto do seu ídolo, e este chegou para seis fãs, que agitaram bastante em “Kings Of Suburbia”. Um clima soturno permeou a casa, com os acordes dos teclados da balada “Invaded”, e novamente as retroprojeções fizeram-se presente, com direito a troca de figurino do vocalista Bill, desta vez trajando roupas de época, algo como um vampiro aristocrático apaixonado. “Run, Run, Run” e “Rescue Me” vieram na sequência, mantendo a atmosfera introspectiva.

“Automatic”, do disco ‘Humanoid’, 2009 e o hit “Scream”, do álbum homônimo, 2008, trouxeram de volta o peso ao set list, e a nostalgia daquela época. A balada estava perto de seu fim, até que Bill questionou aos fãs: “Vocês estão se divertindo?”, e o público não demorou a vibrar em resposta, e a festa continuou com “Song Stormy Wether”, primeira música composta para seu último disco; seguida de “Masquerade”, com a qual Tom e Georg novamente mostraram toda sua versatilidade, comandando cada um, um teclado, trazendo mais melodia com dois teclados no palco. “The Heart Get No Sleep”, com Bill soltando rajadas de fumaça portando sua arma de brinquedo encerraria a festa noturna.

Divertidamente Deslumbrante

O público é predominantemente jovem, com seu pop/eletrônico, o Tokio Hotel com certeza trouxe, além de fãs antigos, um público novo, que de início ao fim do show estavam frenéticos. “Love Who Loves You Back” abriu o encore dançante, seguida do sucesso “Moonson”. Tokio Hotel se despediu com “Great Day”, tendo confetes que mais lembravam flocos de neve, representados por papéis picados, dando um efeito deslumbrante à apresentação.

Sem dúvida uma verdadeira ‘rave’, eletrizante, moderna, futurista, com todos elementos de diversão que os jovens esperam desfrutar. E foi isso que o público fez, participou ativamente. Esperamos que não demore mais cinco anos para repetirmos – ou apreciarmos – a dose.

Set List // Tokyo Hotel // Citibank Hall // São Paulo – 2015

  1. We Found Us
  2. Girl Got a Gun
  3. Darkside of the Sun
  4. Covered in Gold
  5. Feel It All
  6. Louder Than Love
  7. Never Let You Down
  8. Noise
  9. Kings of Suburbia
  10. Invaded
  11. Run, Run, Run
  12. Rescue Me
  13. Automatic
  14. Screamin’
  15. Stormy Weather
  16. Masquerade
  17. The Heart Get No Sleep
  18. Love Who Loves You Back
  19. Monsoon
  20. Great Day

Resenha por: Sara Ferrer
Agradecimento pelo credenciamento: Time For Fun

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos