Symphony X em São Paulo: noite de puro metal para os fãs mais exigentes

Russell Allen - Vocal (Symphony X)

Na noite do último sábado, 7, em São Paulo, aconteceu mais uma incrível apresentação do Symphony X, no conhecido Tom Brasil. A turnê fazia parte da divulgação do recente álbum de estúdio da banda, “Underworld”, lançado em 2015 pela Nuclear Blast.

Resenha por: Victor Santos
Fotos cedidas por: Leandro Almeida/Universo do Rock

A abertura ficou por conta dos brasileiros do Armored Dawn, que cativou os fãs com o peso sonoro de seus instrumentos, apresentando músicas do seu álbum “Viking Soul”.

Armored Dawn

armoreddawnmetalexigentefas

Eduardo Parras – Vocal (Armored Dawn)

O Armored Dawn entreteu o público presente com seu instrumental de peso, guitarras e teclado bem elaborados e bateria intensa. Com um som harmônico e intenso, deixaram os fãs atentos. O vocal estrondoso de Parras deu um toque a mais na coisa toda.

A banda subiu ao palco às 20h45, mas conseguimos acompanhar só o finalzinho do show, quando estavam tocando um cover do Metallica para aquecer o público pré-Symphony X, rolou até um solo de bateria, tendo Eduardo Parra brincado com o baterista e o chamando de “Viúva Negra”.

O aquecimento terminou pontualmente as 21h30 com a banda saindo do palco e público já começando a se perguntar “E o Shymphony X?”

Armored Dawn é

  • Eduardo Parras – Vocal
  • Guga Bento – Baterista
  • Fernando Giovannetti – Baixista
  • Rafael Agostino – Tecladista
  • Tiago de Moura – Guitarra
  • Timo Kaarkoski – Guitarra

Repertório Armored Dawn:

  1. “Viking Soul”
  2. “Too Blind to See”
  3. “Prison”
  4. “Mad Train”
  5. “Enter Sandman” (Metallica)
  6. “King”
  7. “William Fly”
  8. “Someone”

Symphony X

Russell Allen - Vocal (Symphony X)

Russell Allen – Vocal (Symphony X)

O Tom Brasil se escureceu para conseguir realizar a arrumação do palco para o espetáculo do Symphony X que estava por vir, as 22h em ponto, a introdução toma conta e o público grita por “Symphony”, “Symphony”.

O time de peso que forma o Symphony X – Jason Rullo (baterista), Michael Romeo (guitarrista), Michael LePond (baixista) e Michael Pinella (tecladista) entrou um a um no palco, logo após, a arte do novo álbum desceu para dar o complemento a turnê.

Foi incrível como a galera se agitou bastante para saudar os integrantes da banda, principalmente Russell, que foi o mais aclamado o tempo inteiro e quem interagiu muito com  o público.

Em um certo momento, depois das primeiras músicas, Russell agradeceu muito ao fãs presentes – a casa não estava cheia, mas com certeza, os que estavam ali eram fãs leais da banda.

“The Hell And The Back”, “In My Darkest Hour” e Run with the Devil” vieram em seguida, diversos “ooo ooo oo’s” foram escutados durante as canções. Russel usou duas máscaras para execução desta última, uma performance que deu o que falar – uma era azul e branca e ao decorrer da música, foi trocada por uma vermelha e preta, dando um toque sombrio ao espetáculo.

A última parte do show foi mais “dançante”, que já chegaram com “Swan Song”, “The Death of Balance” e “Out of Ashes” – apreciamos um sensacional solo de teclado, público delirou acompanhando toda a banda em coro uníssono na “Balance” e, para encerrar o primeiro ato da noite em “Seas of Lie”, Russell convidou Thiago Bianchi (Noturnall, Soulspell) para um duelo de vocal e ver quem agitava mais o público entre “Bianchi ou Russell”. Claro, Russell foi ovacionado.

Os fãs mais exigentes do Symphony X, com certeza adoraram o tremendo show que a banda realizou, o Symphony executou a obra-prima “Underworld” na integra e cativou todos os fãs presentes, da melhor forma possível, e ainda com piadinhas, bom entrosamente e principalmente, boa música. Voltem sempre, Symphony X!

Symphony X é:

  • Michael Romeo − guitarra
  • Michael Pinnella − teclado
  • Jason Rullo − bateria
  • Russell Allen − vocal
  • Michael LePond − baixo

Repertório Symphony X:

  1. “Overture”
  2. “Nevermore”
  3. “Underworld”
  4. “Kiss of Fire”
  5. “Without You”
  6. “Charon”
  7. “To Hell and Back”
  8. “In My Darkest Hour”
  9. “Run With the Devil”
  10. “Swan Song”
  11. “The Death of Balance”
  12. “Out of the Ashes”
  13. “Sea of Lies”
  14. “Set the World on Fire (The Lie of Lies)”
  15. “Legend” (Dedicated to Ronnie James Dio)
Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos