Slash: guitarrista desembarcou em SP e trouxe toda sua carreira na bagagem com direito a dueto com Gilby Clark

Um trio de peso realizou uma apresentação digna no último domingo (22/03), em São Paulo, no Espaço das Américas. De um lado realizando um show de abertura Gilby Clarke tocando suas composições próprias e logo após tentando agradar um pouquinho mais o público (que foi a loucura) com dois covers de um lado Rolling Stones com “It’s Only Rock ‘N’ Roll (But I Like It)” e “Wild Horses” logo em seguida. Slash e Myles Kennedy realizaram o show principal com uma setlist arrebatadora passando por toda a carreira do música de cartola.

Foto por: © Thiago Almeida - Todos os Direitos Reservados. - Imprensa do Rock

Foto por: © Thiago Almeida – Todos os Direitos Reservados. – Imprensa do Rock

Gilby Clarke é um músico carismático que levantou o público da melhor maneira que conseguiu encontrar e felizmente toda a repercussão foi positiva. Instruindo com cover de Guns And Roses até Rolling Stones, um probleminha técnico em sua guitarra, mas tudo resolvido o mais rápido possível e até palmas da plateia por ter arrumado sem maiores complicações.

Slash subiu ao palco pontualmente às 21h30 “atacando” o público com suas válidas composições e passando pela era GNR fincando com “You’re A Lie“, “Nightrain“, “Ghost” essas fazendo a galera cantar junto e se aproximar um pouco mais do palco seja quem estava na pista premium ou na pista comum, “Back from Cali“, “Wicked Stone“, “Shadow Life” e um dos clássicos absolutos do GNR fechou a primeira parte com “You Could Be Mine“.

Foto por: © Thiago Almeida - Todos os Direitos Reservados. - Imprensa do Rock

Foto por: © Thiago Almeida – Todos os Direitos Reservados. – Imprensa do Rock

Em grande parte do show as frases já consagradas faladas em português dos músicos eram ditas durante todo o momento e uma nova leva de canções eram executadas a cada segundo: “Doctor Alibi“, mais um grande hino “Welcome to The Jungle“, “Starlight“, “The Dissident“, “Beneaththe Savage Sun” e sendo incrivelmente prolongada “Rocket Queen” vem com uma versão inusitada com um solo de mais de 10 minutos de duração.

Foto por: © Thiago Almeida - Todos os Direitos Reservados. - Imprensa do Rock

Foto por: © Thiago Almeida – Todos os Direitos Reservados. – Imprensa do Rock

A parte final do show foi resumida em mais algumas eras ficando com uma dedicatória ao Velvet Revolver em “Slither“, e veio “Bentto Fly“, “World On Fire“, encerrando “Sweet Child O’ Mine” e novamente a participação dos dois guitarristas em cima do palco relembrando a era Guns And Roses –  Gilby Clarke e Slash.

Resenha por: Victor Santos // Fotos por: Thiago Almeida
Agradecimentos pelo credenciamento: Free Pass

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos