Rock dobrado no Sesc Pompeia com Huey e Far From Alaska

O Sesc Pompeia recebe duas bandas de peso do cenário rock atual: os paulistanos da Huey e a galera potiguar da Far From Alaska. O encontro acontece no dia 17 de novembro, na Comedoria.

Formado em 2012, o grupo de rock Far From Alaska nasceu da união de ideias e influências dos amigos Emmily Barreto (vocais), Cris Botarelli (Steel Guitar, Sintetizador e vocais), Rafael Brasil (guitarra), Edu Filgueira (baixo) e Lauro Kirsch (bateria).

Após serem descobertos pelo Festival Planeta Terra, em 2012, a banda lançou o primeiro disco, modeHuman, dois anos depois. A boa repercussão levou o álbum para diversas listas de melhores do ano em 2014, incluindo a da revista Rolling Stone Brasil.

De lá para cá, excursionaram pelo Brasil e também para o exterior, destacando duas passagens marcantes em 2016: no festival americano SXSW e na edição comemorativa de cinquenta anos do Midem, em Cannes na França, um dos mais importantes eventos do mercado internacional de música, onde levaram o prêmio “We Are The Future”, de artista revelação.

Unlikely (2018), seu trabalho mais recente foi produzido e gravado por Sylvia Massy (Tool, System Of A Down, Johnny Cash, etc.) em seu próprio estúdio em Ashland Oregon (EUA). O álbum é intitulado Improvável e o primeiro single e o vídeo do álbum chamado “Cobra” já estão disponíveis em todas as plataformas digitais.

O som que dispensa rótulos, feito entre amigos, como explica o guitarrista Vina, surgiu desde 2010. De lá pra cá, o Huey vem catalisando as paixões de seus integrantes – Vina, Dane e Minoru (guitarras), Vellozo (baixo) e Rato (bateria) – em canções que nascem das experiências e sensações vividas em uma metrópole de intensidades cotidianas. Em termos de sonoridade, é um metal instrumental construído sobre inspirações diárias.

O quinteto paulistano traz na bagagem os trabalhos: “Ace” (2014); EP “¡Qué no me chingues wey!”(2010), o single Por Detrás de Los Ojos (2012).

No Huey estão presentes influências seminais da música contemporânea, mas sem compromisso com a temporalidade. O grupo costura, consciente e inconscientemente, os arrepios provocados pelos anos de Black Sabbath, Metallica, Led Zeppelin, Pelican, Russian Circles, Queens of the Stone Age, Deftones, Sonic Youth, Faith no More e Sepultura, apenas para citar alguns.

Ma é a palavra japonesa usada para identificar um espaço ou pausa entre duas partes. Sugere intervalo e união ao mesmo tempo. Após quatro anos, depois de “Ace” (2014), Ma – sob a perspectiva do Huey – é mais que intervalo: é conexão. O disco traz 8 faixas em que é possível visualizar variadas possibilidades de preencher o vazio e o espaço com riqueza instrumental, além de demonstrar trânsito fácil entre o peso e a sutileza.

SERVIÇO:
Huey e Far From Alaska

Dia 17 de novembro de 2018, sábado, às 21h30

Comedoria
*A capacidade do espaço é de 800 pessoas. Assentos limitados. A compra do ingresso não garante a reserva de assentos. Abertura da casa com 90 minutos de antecedência ao início do show.

Ingressos: R$9 (credencial plena/trabalhador no comércio e serviços matriculado no Sesc e dependentes), R$15 (pessoas com +60 anos, estudantes e professores da rede pública de ensino) e R$30 (inteira).

Classificação indicativa: Não recomendado para menores de 18 anos.

Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93.
Não temos estacionamento. Para informações sobre outras programações, acesse o SESC POMPÉIA.

 

Paula Alecio

Paula Alecio

Diretora, redatora e Apresentadora do Unimetal em Imprensa do Rock
Paula Alecio