Resenha: Uriah Heep – Outsider

Incrível como uma banda passa por grandes fases sendo elas excelentes e outras nem tanto e se firmar com uma formação sólida e conseguirem fazer grandes canções. Outsider se resume nisso, perfeição!

Depois de uma excelente passagem pelo país (claro que o disco já estava pronto), o Uriah Heep consegue fazer um disco marcante e com excelentes melodias. Depois do lançamento do bem sucedido Into The Wild, era de se perceber que o talento é realmente grande e o carisma sempre foi evidente.

Bernie Shaw continua cantando de forma monstruosa, mostrando sempre que está em alta com seu instrumento de trabalho. Em seu primeiro trabalho de estúdio com a banda, o canhoto Davey Rimmer (baixo) mostra bastante talento, com ótimas escalas e precisão. Os riffs e a pegada “grooveada” de Mick Box é única, um verdadeiro mago na seis cordas.

O disco se inicia com uma bela e marcante música chamada Speed Of Sound, contendo um excelente refrão e realmente mostra a identidade da banda. Seguindo com a interessante One Minute, mostra Bernie em um belo desempenho acompanhado de teclados, com um detalhe interessante para a sincronização da cozinha que está muito técnica e precisa música bem marcante. The Law entra com uma pegada bem setentista, crua e objetiva, seguida da faixa que batiza o álbum The Outsider, notamos uma pegada rápida e pesada, com Mick fazendo uma excelente base e os backing vocals predominando quase toda a música.

Rock The Foundation é boa, mas com um refrão um pouco repetitivo, nada que tira o brilho da mesma. Is Anybody Gonna Help Me tem seu peso na medida e é bem arrastada, chegando a lembrar em algumas passagens a época de David Byron. Looking At You e Can’t Take That Away mostra uma nova identidade a banda e Phil Lanzon literalmente dando uma aula de teclados, detalhe a ser reparado pela precisão do mesmo.

Jessie mostra um rock and roll saudosista, Kiss The Rainbow é cativante e mostra até uma diferença na voz de Bernie, coisa que agrada.  Encerrando o disco com Say Goodbye (sugestivo para terminar um disco devido ao nome) o Uriah Heep mostra estar sempre vivo e mostrando ser grande como  suas músicas. Disco que irá agradar de maneira simples, pois ele não te força a ouvi-lo. Nota: 09

Track List:

  1. Speed Of Sound
  2. One Minute
  3. The Law
  4. The Outsider
  5. Rock The Foundation
  6. Is Anybody Gonna Help Me?
  7. Looking At You
  8. Can’t Take That Away
  9. Jessie
  10. Kiss The Rainbow
  11. Say Goodbye

URIAH HEEP:

Mick Box – guitar, vocals
Bernie Shaw – lead vocals
Phil Lanzon – Hammond, vocals
Russell Gilbrok – drums, vocals
Davey Rimmer – bass, vocals

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos