Resenha: Torture Squad – Esquadrão da Tortura

O já consagrado “Torture Squad” veio com um debut matador e bem mais agressivo, mostrando que o som da banda está cada vez mais inovador e brutal. O “Esquadrão da Tortura” mostra muita qualidade do início ao fim.
Em uma levada mais thrash, esse disco se diferencia dos demais, com uma temática de letras completamente interessante voltada a ditadura além da bela arte da capa que é outro show a parte. O som empregado no disco é de fácil agrado, mostrando realmente um outro lado da banda de pura técnica agressiva.
O disco se inicia com a brutal “No Escape From Hell” que entra com uma destruição incrível, com uma cozinha vigorosa e riff’s “assassinos”, dando o cartão de visitas do disco. Falando um pouco do vocal de André, é algo de grande qualidade, bastante urrado e técnico.
“Pull The Trigger” tem uma bateria veloz e é calcada em um thrash marcante e poderoso. “Pátria Livre” é a única cantada em português no disco, contando com a presença do lendário João Gordo (Ratos de Porão), trata-se de um grande destaque no disco. “Wardance” e “Archtecture Of Pain” remetem a uma fase antiga da banda, com uma pegada mais “groove” e pomposa.
Com um destaque muito importante da cozinha, algo que já pode-se considerar uma marca registrada da banda, pois o talento é de alto nível, nota-se grande técnica, precisão e bastante entrosamento em “Never Surrender” e “Conspiracy of Silence”, fazendo um grande momento no disco. “A Soul In Hell” é uma regravação de um dos clássicos da banda, que não desagrada, apesar de ter ficado bem diferente da primeira versão, pois mostra ou fase da banda, com uma pegada diferente.
Esquadrão da Tortura mostra ser um álbum de bastante qualidade e bem produzido. Não decepciona e foi feito para agradar os fãs antigos e conquistar novos. Nota: 08.

Músicas:

01 – No Escape From Hell (04:58)
02 – Pull The Trigger (05:41)
03 – Pátria Livre (05:10)
04 – Wardance (06:29)
05 – Archtectur Of Pain (06:32)
06 – Never Surrender (05:53)
07 – In The Slaughterhouse (06:15)
08 – Conspiracy Of Silence (07:45)
09 – Nothing To Declare (04:07)
10 – For The Countless Dead (02:25)
11 – Fear To The World (08:51)
12 – A Soul In Hell (Recorded Version) (Bonus Track) (04:18)

 

 

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos