Resenha: Rock in Fábrica @ Rock & Punk na ZN (06/04/2014)

No primeiro domingo de abril (06/04), rolou o evento Rock in Fábrica na ZN de São Paulo. Aconteceu no Fábricas de Cultura da Vila Nova Cachoeirinha com Marcelo Nova (ex-Camisa de Vênus), Banda 365, Garotos Podres, Nem Liminha Ouviu (NLO), Califórnia Joe e Banda S+1. Tudo isso num espaço muito bom para shows na região. Claro que o espaço não é tão grande, mas shows menores, que permitem uma proximidade dos fãs e artistas é muito bom mesmo o local. Além de shows, oficinas de cultura, cursos e muito mais acontece no Fábricas de Cultura. Procurem saber mais informações se você é da região ou mesmo se quiser conhecer o local.

CaliforniaJoe002_m
Pra abrir o festival, a Banda S+1 começou tocando por volta das 14:30, mas infelizmente não cheguei a tempo de vê-los tocar. Quando cheguei, já era um pouco mais de 15:00 e já se preparavam pra tocar os caras do Califórnia Joe. Um trio bem afinado que tocou um Rock ‘n Roll que a galera gostou de ouvir. O vocalista Ricardo Gios conversou bastante com os poucos presentes ainda por ali e fez a sua parte no evento com uma bela apresentação.

NLO004

 

 

NLO001NLO005NLO002

Nem Liminha Ouviu, banda do apresentador Tatola da Rádio 89FM, entrou no palco as 16:00 conforme previsto e já começou muito bem. Começaram com “Face de Deus” dos Inocentes, “Estado de Sítio”, “Pátria Amada” e “Até Quando Esperar”. O Tatola sempre com suas frases de impacto, trazia na sua camiseta: “Vontade de Morrer Lutando por Alguma Coisa Honesta”. No meio da sua apresentação, chama vários dos amigos presentes ao palco pra participar da festa e cantarem juntos a música “São Paulo”, entre eles o baixista Sukata e o Denis dos Garotos Podres, Neto Trindade da Banda 365, Kley do Não Religião e Anselmo do Inocentes. Fecharam sua apresentação tocando “Nicotina”. O show acabou com gosto de quero mais, mas tinham outras bandas ainda pra tocar. Cada banda tinha por volta de 30 minutos.

NLO+Galera

Jarbas Mariz, mestre de cerimônia, anuncia então que teria uma troca na sequência das bandas já que um integrante (Gildo) dos Garotos Podres não havia chegado ainda, chamando ao palco o pessoal do 365. Neto Trindade (vocal), Ari Baltazar (Guitarra e Vocal), Miro de Mello (Bateria) e Robertinho Pallares (Baixo) tocam vários de seus sucessos, além de tocarem algumas das músicas de seu novo trabalho “Destino”. Rodas se formam e muitos ali se preparavam para o show mais esperado do dia.

365_001 365_002

Gildo, vocalista dos Garotos chega e logo sobem ao palco para sua apresentação, juntamente com Sukata (Baixo), Caverna (Bateria) e Denis (Guitarra). Podíamos ver que a pista estava lotada agora. Alguns fãs com seus clássicos moicanos, uns menores, outros maiores, uns mais velhos, outros mais novos, muitos casais. E o som começa ao ritmo de “Anarquia Oi”, seguindo com “Papai Noel Velho Batuta”, “Johnny”, e diversas outras pancadas que todos estavam ali pra ouvir. Os caras não decepcionaram!

PunksnaAreaGarotosPodres001 GarotosPodres002

Alguns minutos depois, chega Marcelo Nova trazendo seu conjunto (como ele reforçava), tocando várias músicas de seu novo trabalho “12 Fêmeas” e poucas daquelas mais conhecidas do público ali presente. Abriram com “Sinais de Fumaça” e “Ninguém vai sair vivo daqui” do novo álbum, seguida por “Carpinteiro do Universo”, e mais algumas novas. Logo no início houve um pequeno problema no som e o Marcelo Nova parou a apresentação, voltando após alguns ajustes do retorno. Percebia-se que a maioria ficou ali até o final do festival para ouvir os sons clássicos, mas muitas músicas um pouco desconhecidas da galera por ali estavam sendo tocadas. Vieram alternadas entre elas “Hoje”, “My Way” e fechando o set “Rock ‘n Roll”. Talvez o público esperava um show mais animado pra fechar o domingo, mas valeu a apresentação.

MarceloNova_001

Em resumo o festival foi um sucesso. Aguardamos que logo mais tenhamos algum outro na região, e com tantas feras nacionais juntas. Estaremos lá, com certeza.

Mais Fotos em:
https://www.facebook.com/media/set/?set=a.604245416331189.1073741835.187816034640798&type=3

 

Resenha e Fotos por: Jair Gomes Silva

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos