Resenha: OldBoy – Songs From My Sadness

Música composta sem sentimento, não pode se chamar de música. Seus criadores procuram inspiração no fundo da alma para que aquilo que está no papel tenha vida, eis que esse EP é a prova viva disso. Belmílson Santos (HATE FOR REVENGE e POSEIDON) mostra em cinco faixas como é passar aquilo que toca o coração de forma que poderá surpreender até mesmo o mais radical metaleiro.

Encontramos nesse EP algo soturno, progressivo e bastante aconchegante aos ouvidos. Melodias impostas por sentimentos seja ele obscuro ou não. Uma variação de ritmos e marcações estão emaranhados em cada canção de uma forma única e simples. “Songs From My Sadness” mostra um progressivo / folk puro, com violões, bandolins e teclados. OldBoy (que se trata de ser o próprio Belmílson) deixa um registro bastante instigante e desafiador.

Com um vocal calmo, violões, “Feel Alone” abre o disco, mostrando ser uma música realmente arrebatadora, pois se inicia de forma hipnotizante. Destaque para solos de guitarra e bandolim. “Can’t You See” mostra-se atmosférica, com belos solfejos e um refrão totalmente melancólico, mas ao mesmo tempo confortante. “Forever and Ever” se consiste apenas em um belo instrumental somente feito no violão, seguindo a proposta a risca.

O sinônimo desse disco é o sentimento profundo, coisa também que se resume em “Maria”, nota-se uma bela execução do vocal, passando realmente o conteúdo incluso em cada nota e verso da canção, excelente música. Finalizando esse belo disco, “OldBoy” realmente colocou seu coração e cada parte criada no mesmo, desde a capa até o último acorde e “One More Day” surge simplesmente para incrementar aquilo que realmente foi passado no início. Um EP emocionante, produção impecável. Não vai perder nada em apreciar algo que é pouco visto e ouvido aqui em nosso país. Nota: 09.

Músicas:

  1. Feel Alone
  2. Can’t You See
  3. Forever and Ever
  4. Maria
  5. One More Day

Integrantes:

  • OldBoy Vocais, violões, guitarra solo em “Can’t You See”
  • Marco Alexandre Bandolim, guitarra solo, vocais em “Maria”, teclados
Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos