Resenha/Entrevista: Insana Rock @ Webclipe de “Diante de Você”

Insana

Rock de meninas na parada!

No final do ano passado a banda Insana Rock de São Paulo lançou seu primeiro webclipe, a música escolhida para a estréia das moças foi “Diante de Você”, com a participação de Nat Vittori ex guitarrista da banda Agnela.

Em entrevista aqui pro Imprensa do Rock, pude conhecer mais das meninas, falamos sobre o lançamento do webclipe, e suas projeções para 2014.

E como a cena não pode parar, atentem seus ouvidos, e conheçam a banda Insana Rock, banda de meninas que promete vir com tudo!

Segue o webclipe e entrevista:

Insana Rock – Diante de Você

I.R – Em primeiro lugar porque vocês escolheram essa música pra ser o primeiro webclipe de vocês, algum motivo em especial?

Quando gravamos nossa primeira música foi no susto e lançamos pra ver qual seria o resultado. Com isso, a galera cobrou mais material, isso fez com que pensássemos melhor sobre uma nova gravação, mas desde o começo não tínhamos a pretensão de fazer um webclipe dessa nova música, na verdade nem tínhamos como planos fazer um webclipe.

Optamos por essa música porque acreditamos que, até agora, ela é a mais bem produzida e que poderia chamar bastante atenção do público pra conhecer mais sobre a gente.

Por conta dessa ideia de fazer o público nos conhecer, optamos pela letra/música que realmente mostrasse quem somos, nos identificamos com a letra e acreditamos que traduziu bem o que dizemos e sentimos.

Contamos com a ajuda da Nat na produção do novo single. O resultado ficou incrível e a galera recebeu muito mais fácil do que a primeira música, assim, umas amigas deram a ideia da gravação de um webclipe pra essa música.

I.R – Vocês contam com a participação da Nat Vittori, como foi essa parceria, como rolou o convite?

Bom, a Teka (baixista) já conhece a Nat a muito tempo e em uma oportunidade ela pôde ver nosso show e veio falar com a gente depois do evento, nos disse que gostou muito e, pra gente, é muito importante receber elogios de quem já conhece como as coisas funcionam.

Nossa amizade com a Nat só cresceu depois desse dia e, quando pensamos na ideia de uma parceira pra nova música, chamá-la foi uma coisa meio óbvia para todas nós e tivemos a sorte de que a Nat topou na hora.

Marcamos um ensaio, apresentamos a música, ela gostou, deu dicas e uma semana depois já estávamos no estúdio colocando tudo em prática.

Temos a sorte de poder contar com a ajuda dela até hoje, até porque as ideias que temos batem com as que ela tem, temos gostos parecidos e ela consegue passar toda a experiência dela pra gente.

I.R – Ter banda é difícil, ter uma banda de meninas é mais difícil ainda, como vocês lidam com toda essa sensibilidade, e bipolaridade feminina? Aliás pra vocês qual o grande desafio de ter uma banda só de meninas?

Na verdade, graças a Deus, todas nós sabemos separar bem uma amizade dentro do estúdio e fora dele.

Claro que o desentendimento rola dentro e fora de um estúdio, mas temos o mesmo objetivo e colocamos isso em primeiro plano, então sempre damos um jeito quando as ideias não batem, sempre chegamos a uma conclusão que agrade a todas.

Acreditamos que o nosso grande desafio é mostrar que também podemos (e devemos) ter espaço na cena independente, que por sinal anda cada vez mais complicada e fechada.

Temos consciência de que se não nos unirmos e levantarmos a cabeça, não chegaremos a lugar nenhum.

I.R – Vocês já tinham banda? Como que era o contato de vocês com a música antes da “Insana”?

Antes da Insana, todas nós já tivemos outras bandas, a Bárbara e a Ni tocavam juntas em outra banda e sempre faziam eventos com a ex banda da Loira. Quando conhecemos a Teka percebemos que a ex banda dela também já fez alguns eventos com a Loira haha Resumindo tudo, já nos conhecíamos bem antes da Insana e esse projeto só agregou mais na nossa amizade.

Todas nós já tocamos a alguns bons anos, sempre estivemos envolvidas com a música de alguma forma.

I.R – E as influências de vocês, o que vocês gostam de ouvir?

Os gostos são bem variados haha, a Loira sempre curtiu mais um lado hardcore, ouve muito Californiano Lagwagon, Dead Fish, Rufio, Mute e, também Ofspring, Bad Relogion, a Ni gosta das bandas mais indies como Strokes, The Killers, Vanguart e, também Daughtry, Anberlin, Copeland.

A Teka ouve muito RATM, Medulla e também inclui MPB na sua lista, a Bárbara ouve muito Foo Fighters, Halestorm, The Used e umas coisas mais calmas como Ed Sheeran e John Mayer e também acompanha muitas bandas da cena independente.No geral, ouvimos de tudo um pouco, sempre puxando mais pro pop, pro rock e suas vertentes.

I.R – E daqui pra frente o que a Insana Rock está planejando, projetos, shows, cd… o que vem por aí?

Bom, ainda estamos na correria contra o relógio para finalizar todo material, já temos mais uma música gravada e finalizaremos as gravações de mais duas músicas agora em Janeiro. Temos como planos ficar o ano todo trabalhando o Ep que saí assim que finalizarmos as gravações. Também já estamos com parceiras sendo analisadas e mais três projetos sendo montados por amigos nossos. No geral, estamos lotadas de trabalho haha.

Vocês podem esperar o máximo da Insana, muitos shows pra 2014, Ep, material visual, projetos paralelos e parceiras incríveis!

I.R – Obrigada meninas, sucesso!

Queremos agradecer a toda ajuda que recebemos desde o começo do projeto, vemos que há uma galera firme que nos ajuda na divulgação e nessa altura isso é muito importante pra gente.

A Insana vem com tudo nesse ano de 2014 e esperamos que todos gostem do material e que todos compareçam nos shows que vem em peso também.

A Insana Rock é:

  • Anielle – voz e guitarra
  • Loira – guitarra
  • Teka – baixo
  • Bárbara – bateria
Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos