Resenha: Iced Earth @ Carioca Club – São Paulo – SP – 22/03/2014

Sou fanático pelo Iced Earth há “eras”. Comecei a escutar a banda pela semi-baladinha “Watching Over Me”. E desde então, sempre venho acompanhando o trabalho do Iced Earth de tempos em tempos.

Alguns meses atrás, sabendo do show, voltei a ouvir álbum por álbum da discografia da banda e eis que descubro novamente uma nova sintonia. Discos como “The Dark Saga, 1996” e “Something Wicked This Way Comes, 1998” fizeram minha cabeça novamente e creio que a de muitos fãs também. Vou contar um pouco do relato que consegui presenciar no que foi o maravilhoso e estrondoso show do Iced Earth na noite do último domingo (22), no Carioca Club, em São Paulo.

O Carioca Club fez uma pequena “confusão” na questão dos horários. Abrindo mais cedo que o normal, era possível presenciar o enchimento da casa de pouco em pouco. Os fãs dominando a grade, as pessoas que faziam aquelas brincadeiras de leve, os novos grupos de amigos que se formavam, as garotas que de pouco em pouco os caras chegavam junto, e isso foi acontecendo até o Carioca lotar de vez, enquanto as luzes da casa se apagavam por completo para os primeiros testes de luzes, o Carioca Club ficou na quase completa escuridão.

Momentos antes da banda subir ao palco, era possível ouvir e ver os fãs berrando por “Iced!, Iced!, Iced!” e até mesmo “Iced Earth!”, “Iced Earth!”, Iced Earth!”. Eis, que as 20h45 a introdução de “Plagues of Babylon” veio à tona e uma porrada de energia vinda dos integrantes acompanharam a primeira música da noite. A empolgação ao final da música com o baterista Jon Dette subindo no banquinho da bateria para saldar o público foi uma coisa impagável já nos primeiros momentos.

As próximas músicas tocadas foram “Democide”, “V”, “If I Could See You”, “The Hunter”, “Burning Times”. Essa sequência foi literalmente uma porradaria no ouvido dos fãs presentes no curto tempo de show que foi o do Iced Earth. Dentro dos destaques citados, a que mais chamou atenção foi “Burning Times” que arrancou os gritos e berros dos fãs presentes de ponta-a-ponta.

A próxima faixa viria a tona junto com um solo de guitarra que deixou o Carioca Club em completo silêncio, como se só houvesse somente o guitarrista ali em cima do palco, solando, apenas. A faixa veio com “Red Baron/Blue Max”, Além do solo, Stu Block está representando verdadeiramente bem o posto de vocalista do Iced Earth.

Uma das bandas que mais tem composições excelentes para se cantar junto de ponta-a-ponta todas as letras é o “Iced Earth”. Não são complicadas, nem tão pouco complexas. Uma pitada certeira de Heavy Metal e está ali firme e forte por anos.

Com uma boa dose de clássicos, ouvimos “Blessed Are You”, “Vengeance Is Mine”, “My Own Savior” e “A Question of Heaven”. Os integrantes Jon Dette, Stu Block e Jon Schaffer ganharam os destaques nessas faixas, que geraram desde momentos em que os fãs continuavam a cantar junto com a banda, até a pequena roda de bate-cabeça que se abriu para o ânimo dos fanáticos da famosa “roda”.

O bis fica por conta de “Dystopia”, a belíssima “Watching Over Me” (que do show inteiro, foi a que eu mais esperei sem dúvida nenhuma) e a “Iced Earth”. Encerrando assim, um show que merece entrar pra história da banda. Com um Carioca Club, lotado, clima propenso para o sucesso do show, integrantes que a todo momento interagiam com os fãs, e a excelência da produção. Fez terminar e começar a semana perfeitamente bem de muita gente. Aguardo ansiosamente um novo show do Iced Earth aqui em São Paulo e que venha com essa semelhança de set-list com uma nova sequência matadora.

set-list @ Iced Earth – São Paulo/SP22/03/2014

  1. Plagues of Babylon
  2. Democide
  3. V
  4. If I Could See You
  5. The Hunter
  6. Burning Times
  7. Red Baron/Blue Max
  8. Blessed Are You
  9. Vengeance Is Mine
  10. Cthulhu
  11. My Own Savior
  12. A Question of Heaven
  13. Dystopia
  14. Watching Over Me
  15. Iced Earth

Texto Por: Victor Santos // Agradecimentos pela foto: Kennedy Silva
Agradecimento pela atenção e o credenciamento: THE ULTIMATE MUSIC – PR

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos