Resenha: Eminence – Stalker

Um trabalho perfeito e bem produzido, The Stalker apenas confirma o quão grande é a banda e o talento de seus membros.

Na atualidade, podemos encontrar grandes bandas nacionais mas com com pouca expressão. O Eminence tem um grande diferencial com seu som rico em variações e bem direto, sem deixar cair ou nível ou soar de forma cansativa, repetitiva.

Começando pelo grande destaque da banda, o vocalista Bruno Paraguay, chama a responsabilidade pra si, sem medo algum e rasga sua voz como se fosse a última vez em que vai cantar, essa excelente variação em vocais “sujos” e limpos deixa cada música sendo um show a parte.

Começando com Self Rejection, a quebradeira está armada e é incrível a precisão da guitarra de Alan Wallace, uma pegada extremamente brutal e ao mesmo tempo limpa. Unfold é a melhor do disco, pelo simples fato de ter um refrão excelente e o uso de sintetizadores bastante evidente em certas partes, pode-se notar no decorrer do disco.

3 times 6 mostra realmente o que é rasgar uma garganta, com uma pegada forte da bateria fazendo uma cozinha perfeita com o grande baixista Thiago Correa, deixa a música próxima da velocidade da luz. Reverse é um instrumental curto, podendo-se dizer que é uma introdução de Veins of Memories, que lembra bem o Machine Head.

A faixa título The Stalker é de urros e berros até o fim, indo do gutural ao rasgado e tendo também um grande destaque os riffs. Eyetricity, em relação as anteriores é um pouco mais “calma”, com uma levada mais “heavy” e com ótimas variações de bateria onde se nota também que os bumbos não param. Critical Path e No code mantém o mesmo nível de brutalidade contido no disco.

Encerrando com Visions Of Hate, a sensação de dever cumprido em entregar um excelente disco para os fãs com toda certeza foi satisfatória. O Eminence evoluiu de uma forma monstruosa e com toda certeza está entre os grandes do metal mundial. Se gosta de porrada, eis o remédio! Nota: 09

Membros:

Alan Wallace (guitars)
Bruno Paraguay (vocals)
Andre Marcio (drums)
Thiago Correa (bass)

Músicas:

01. Self Rejection
02. Unfold
03. 3 Times 6
04. Atmosphere (Intro)
05. Veins Of Memories
06. The Stalker
07. Eyetricity
08. Satellite (Intro)
09. Critical Path
10. No Code
11. Visions Of Hate

 

Paula Alecio
Paula Alecio

Paula Alecio

Sou bióloga de profissão e metaleira de coração e alma. Adoro sempre conhecer novas vertentes no rock e no metal, ir aos shows alimenta minha alma sedenta de heavy metal, e me faz sentir viva. Por isso mantenho o site no ar, para ajudar nossas bandas a irem mais longe! Estamos juntos nessa estrada conflituosa e cheia de vicissitudes.