Resenha de CD | 2016: “Tribal” – Tribal

O Paraná virou um celeiro de boas bandas, de uns anos pra cá, em praticamente todas as vertentes da música pesada. E agora, até no Djent, os curitibanos nos trazem à tona a excelente TRIBAL, que através do seu EP homônimo cai de cabeça no estilo proposto, com muito peso, quebras de andamento e bom gosto ao extremo.

Nota: 8.5
Resenha por: Rogério Rezende

Bebendo da fonte de bandas como Meshuggah e Periphery, os brasileiros se desventuram por um estilo marginalizado aqui no Brasil, mas que vem ganhando adeptos e seu devido respeito. Tudo aqui é muito complexo, o que pode necessitar diversas audições para ser digerido. Ainda assim, tal complexidade é tão bem construída, que praticamente, ao final de cada música, você fica na curiosidade do que vem depois, pelo menos comigo aconteceu exatamente desta forma. Demorei bastante pra concluir este texto, porque eu quis escutar este trabalho da forma correta, muitas e muitas vezes, o que me conferiu momentos muito bons, principalmente quando me refiro à trinca “The Age of Frustration”, “Broken” e ” I Become”.

Contando agora com o suporte de uma das principais gravadoras do país, espero que não tarde pra vermos um álbum completo do TRIBAL. Recomendado para bangers de mente aberta!

Paula Alecio
Paula Alecio

Paula Alecio

Sou bióloga de profissão e metaleira de coração e alma. Adoro sempre conhecer novas vertentes no rock e no metal, ir aos shows alimenta minha alma sedenta de heavy metal, e me faz sentir viva. Por isso mantenho o site no ar, para ajudar nossas bandas a irem mais longe! Estamos juntos nessa estrada conflituosa e cheia de vicissitudes.