Resenha de CD | 2016: “Syntethic Nature” – Unnature

“Synthetic Nature” é o título do primeiro álbum do cariocas da UNNATURE, que apostam no Modern Metal para passar a sua mensagem, de forma muito eficiente, diga-se.

Avaliação pessoal: 8.5/10
Resenha por: Rogério Rezende
Edição: Victor Santos

O disco tem claras referências ao Brainstorm, Nevermore e até de bandas mais pesadas como Machine Head e Soulfly, tudo muito bem dosado aos elementos particulares do grupo.

Carina Pontes é, certamente, o principal destaque aqui, e interpreta muito bem todas as canções do álbum, sendo mesmo, uma baita cantora e que merece ser respeitada pelo seu talento.

Músicas como “Shades of Hate” e “So Close”  são os principais destaques, sendo a segunda o hit de todo o trabalho, por possuir peso e uma carga emocional digna dos melhores momentos do Nevermore.

“Synthetic Nature” tem distribuição no Brasil pela MS Metal Records, o que já garante um belo suporte ao trampo, e que pode indicar que ouviremos ainda falar bastante desta UNNATURE. Parabéns pelo grande início de carreira.

Paula Alecio
Últimos posts por Paula Alecio (exibir todos)
Paula Alecio

Paula Alecio

Sou bióloga de profissão e metaleira de coração e alma. Adoro sempre conhecer novas vertentes no rock e no metal, ir aos shows alimenta minha alma sedenta de heavy metal, e me faz sentir viva. Por isso mantenho o site no ar, para ajudar nossas bandas a irem mais longe! Estamos juntos nessa estrada conflituosa e cheia de vicissitudes.