Referência do emo, Saves the Day estreia no Brasil em abril de 2019

Foto: Divulgação

Banda celebra 20 anos com turnê do disco autobiográfico 9; show único em São Paulo será dia 14/4, no Fabrique Club

A trajetória do SAVES THE DAY é, também, a história da vida de muitas pessoas, que cresceram junto com a banda nestas últimas duas décadas. Em 1997, Chris Conley (vocalista/guitarrista) reuniu alguns amigos de Nova Jérsei (Estados Unidos) e, dois anos depois, lançaram “Through Being Cool”, lembrado até hoje como um dos mais impactantes e influentes discos da segunda leva do emo, ou pop punk, à época comparado à energia de um disco do Weezer. O tom confessional das canções, os riffs alegres e as batidas para dançar logo jogaram o SAVES THE DAY ao primeiro escalão do rock alternativo e, enfim, é a vez do Brasil recebê-los em 2019, com show único dia 14 de abril em São Paulo (Fabrique Club). A realização é da Powerline.

A inédita turnê latino-americana passa, antes, pela Costa Rica (San José, 10/4), Chile (Santiago, 12/4) e Argentina (Buenos Aires, 13/4).

O momento é importante para o SAVES THE DAY, que lançou em 2018 o autobiográfico “9”, o nono álbum da carreira que ainda funciona como uma espécie de rock ópera da banda.

Se “Through Being Cool” é um grito de liberdade e rebeldia a partir de um movimento – a segunda leva do emo – que crescia forte ao lado de outras bandas também relevantes até os dias atuais, como Taking Back Sunday, The Get Up Kids e Thursday, “9” é a síntese de todas as experiências, conquistas, angústias e vitórias de Chris Conley – ou a perfeita trilha sonora da passagem da adolescência à fase adulta, seja da banda como dos fãs.

As constantes troca de integrantes, o acidente de van, contrato com uma grande gravadora e as impressionantes turnês pelos Estados Unidos e Europa são repassados em “9”, tudo contado pela perspectiva de Conley por meio de uma poética que aproxima o ouvinte dos relatos. A faixa de abertura homônima à banda, por exemplo, é um testamento de amor aos fãs, conta o frontman. Ao vivo, muitas destas músicas vão compor o set list especial para a tão aguardada estreia no Brasil, mas hits de outros discos também serão executadas. É uma promessa do SAVES THE DAY.

A tour pela América Latina também celebra os 20 anos do clássico “Through Being Cool”, considerado pela Rolling Stone como o 18º mais importante disco emo de todos os tempos (de 40 listados). De acordo com a influente publicação, o disco – gravado em apenas 11 dias – apresenta riffs hardcore/punk rock com a assinatura cuidadosa de Chris Conley, cujas músicas “inspiraram incontáveis tatuagens da estrela náutica”, em alusão ao símbolo da banda. “É mais do que um importante álbum”, completa a Rolling Stone, “é um rito de passagem”.

Saves the Day é
Chris Conley – vocal, guitarra
Arun Bali – guitarra
Rodrigo Palma – baixo (acompanhou o The Get Up Kids na tour pelo Brasil)
Dennis Wilson – bateria (ex-Every Avenue)

SERVIÇO
Saves the Day dia 14/4 em São Paulo
Evento: Facebook
Data: 14 de abril de 2019
Horário: 18 horas
Local: Fabrique Club
Endereço: Rua Barra Funda, 1075 (Barra Funda – São Paulo/SP)
Ingresso: PixelTicket
Pista 1º lote: R$ 110,00 (promocional/meia entrada/estudante)

Giancarlo Rossi

Giancarlo Rossi

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. E Adora Cinema.
Giancarlo Rossi

Giancarlo Rossi

Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. E Adora Cinema.