Peter Murphy e Wayne Hussey: encontro amigável em São Paulo.

Noite de lua cheia e poucas nuvens criaram um clima propício para mais uma apresentação histórica do rock gótico. Há pouco mais de um ano, Peter Murphy, o ex-líder da banda Bauhaus, retornou a São Paulo, no último sábado (13/09/2014), lotando o Carioca Club, agora com a divulgação de seu novo álbum, Lion. Como convidado destaque para o show de abertura Wayne Hussey, vocalista da banda The Mission.

Com um atraso de quase meia hora, Wayne subiu ao palco do Carioca Club sem a sua banda, apenas com a sua guitarra e distorções, deixando de lado o seu violão em boa parte do show, que foi anunciado como acústico. Em seu repertório curto, Hussey apresentou clássicos do The Mission como: “Severina“, “Wasteland“, “Like a Child Again” e “Swan Song” e “Killing Moon” do Echo the Bunnymen, fazendo o público acompanhar estes hits sem muita interação, pois o destaque da noite ainda era o ex-líder da Bauhaus, Peter Murphy.

wayne1

Wayne Hussey – Carioca Club/SP – 13/09/2014. © Gil Oiveira

Do palco sombrio, Murphy inicia o show tão esperado pelo público com a música “Hang up”, seguida das faixas “Low Room” e “Memory Go”, onde a qualidade de som da casa comprometeu a apresentação de início, resultando em pouco retorno de áudio da microfonia do ex-líder da Bauhaus, anulando totalmente a voz grave de Peter Murphy. Ao longo do show, penso que o som melhorou, após constantes ajustes.

Em seguida, Murphy deixou a nostalgia de lado, mostrando algumas músicas de seu último trabalho, o álbum Lion, com destaque para as seguintes faixas: “Holy Clown“, “Eliza“, “Lion” e “Low Tar Stars“. No palco, Murphy demonstrou mais maturidade musical, sem teatros e performances tão presentes nos shows da Bauhaus nos fins da década de 70 e em sua carreira solo nos anos 80, deixando o seu show ainda mais admirável; embora o álbum, Lion não tenha empolgado tanto o público, pois muitos aparentaram desconhecer o seu novo trabalho.

Peter Murphy - Carioca Club/SP - 13/09/2014. © Gil Oiveira

Peter Murphy – Carioca Club/SP – 13/09/2014. © Gil Oiveira

Os destaques da noite foram para os poucos hits da Bauhaus apresentados, como: “Shes in Parties” e “Silent Hedges“. Além disso, outro ponto forte do show foi para “Cuts You Up“, sucesso de sua carreira solo do álbum Deep de 1989.

Além da expectativa do público em poder rever o músico cantando mais clássicos da Bauhaus. Muitos esperavam após o “bis” rever Peter Murphy dividindo o palco com Wayne Hussey, como ocorreu em 2013 em sua recente apresentação em SP. Porém, isso não ocorreu durante esta noite, deixando o público com uma sensação de que o show poderia ter tido um “Q” a mais.

O “bis da noite” contou apenas com “Lion“, “Cuts You Up“e “Uneven & Brittle” e após essas músicas, o vocalista simplesmente se despediu e saiu do palco. O reencontro histórico de Peter Murphy e Wayne Hussey tão divulgado para este show, deixou o público com vontade de reviver o ocorrido em 2013.

Resenha: Valéria Coelho // Edição: Victor Santos
Fotos gentilmente concedidas por: Gil Oliveira
Credenciamento: The Ultimate Music – PR
Imprensa do Rock

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos