Papo de Guitarrista com Cauê Leitão: #5 – Rodrigo Hidalgo (MindFlow)

hidalgo2

Fala galera!!! Trago em primeira mão pra vocês a 5ª edição “PAPO DE GUITARRISTA” com o meu grande amigo e guitarrista Cauê Leitão que como todos já devem saber após 4 edições e meia (risos), ele é guitarrista de uma das maiores bandas de Metal Progressivo do Brasil, o Andragonia.

Nesta edição de Junho trazemos Rodrigo Hidalgo, guitarrista da banda Brasileira MindFlow, também de Metal Progressivo. Conheçam um pouco do trajeto do músico em mais uma edição do “Papo de Guitarrista com Cauê Leitão”.

Cauê1

Fala amigos e leitores da coluna “Papo de guitarrista” tudo bem com vocês? Aqui quem fala é o guitarrista Cauê Leitão, chegamos a edição nº 5 da coluna e trago a vocês o guitarrista Rodrigo Hidalgo da banda MindFlow, e ele, com poucas palavras, fala sobre turnês no exterior, dá algumas dicas e conta um pouco da sua história como guitarrista. Divirtam-se!!!

Rodrigo primeiramente muito obrigado por ter aceitado bater esse papo, eu acompanho seu trabalho no MindFlow a bastante tempo, conte um pouco como tudo começou, o seu interesse pela guitarra, como surgiu a banda, etc.

Eu que agradeço. Na verdade meu interesse sempre foi maior pela música do que pelo instrumento. A guitarra é um instrumento que me ajuda a expressar um todo. Acho que isso foi muito importante pra mim, pois permite que minhas composições não tenham necessidades especificas do instrumento como solos intermináveis e às vezes até sem sentido para o contexto musical.

Como anda a atual fase do MindFlow? Fale um pouco sobre as turnês no exterior.

Estamos compondo nosso novo material que será lançado no primeiro semestre de 2014. Fizemos este ano nossa sétima tour pelos EUA, passamos por 30 cidades e realizamos grandes sonhos como tocar no Best Buy Theater em Nova York, no lendário Fillmore de São Francisco, entre outros.

Assim como vocês, nós do Andragonia ganhamos muita popularidade com o jogo Guitar Flash, jogos tipo Rock Band, Guitar Flash, Guitar Hero, realmente fez uma diferença para o MindFlow?

Tudo começou com nossa música no RockBand, grande honra para nós ser a primeira e única banda brasileira no jogo. Com o GuitarFlash milhões de pessoas jogaram músicas do MindFlow!

Qual a sua formação como guitarrista? Teve professores? Passou por conservatório? Faculdade de música?

Joe Moghrabi foi meu único professor.

Quais guitarristas te influenciaram? 

Eric Clapton e Richie Sambora.

Qual equipamento que você tem usado nos shows?

Tenho muita sorte de trabalhar e ter apoio de excelentes marcas como Mesa Boogie e Eagle. Uso essas marcas exclusivamente tanto em shows como em gravações.

Conte um pouco sobre algumas histórias curiosas que você tem vivido na estrada, como foi tocar com grandes bandas do cenário metal mundial? Cite algumas bandas que você se orgulhou de estar dividindo o mesmo palco.

Dividimos o palco com muitas bandas: Megadeth, Queensryche, Blind Guardian, David Lee Roth, The Used, UFO, Dimmu Borgir para citar algumas.

O que você tem a falar sobre os guitarristas da nova geração? Você poderia citar alguns que você gosta?

Para ser sincero, não ouço muita coisa de guitarristas, gosto de bandas com atitude e que trilham novos caminhos. Bandas que tragam novidades. Acho que hoje tem muito do mesmo.

Rodrigo como você já possui bastante experiência, você poderia dar algumas dicas para bandas e guitarristas que estão começando e quer realmente trilhar uma carreira profissional?

Fazer sempre o melhor possível com dedicação e honestidade.

Na sua visão qual é realmente a grande diferença do metal no exterior e do Brasil?

Profissionalismo e respeito com o artista.

Agora queria te falar que sempre rola um lance curioso (Risos), quando rola matérias sobre bandas de metal Progressivo no Brasil sempre MindFlow e Andragonia são citados, já vimos matérias com o Andragonia e já associam o MindFlow e vice versa também, ficamos muito felizes com isso, o Mindflow é uma referência e torcemos para que o Brasil reconheça mais seu valor, sempre recebemos mensagens sobre um possível show das duas bandas juntas, seria uma honra pra gente, no seu ver porque isso acontece?

Nós nunca nos vimos como uma banda de Metal Progressivo. Somos uma banda de rock Que ao vivo é muito agressiva. Acho que isso é com o que mais nos identificamos. Quem já viu o MindFlow ao vivo está vendo uma banda de rock disposta a dar toda sua energia para o público!

Você se considera um estudioso da guitarra? Sempre busca novas técnicas? E o que você tem a falar dos grandes guitarristas virtuosos?

Acho que a música tem que te tocar de alguma forma. Eu busco isso. Sensações.

No momento qual é a sua principal atividade com a guitarra?

A guitarra me traz muita alegria e emoção, temos uma ligação intima e sou muito grato a ela pois ela realizou muitos dos meus sonhos!

Rodrigo mais uma vez muito obrigado por ta batendo esse papo, agora vou te pedir para dar uns conselhos para os guitarristas e fique à-vontade para acrescentar algo que queira, obrigado!

Tenha humildade com a guitarra na mão e ouça o que ela tem a dizer.

Cauê Leitão é guitarrista do Andragonia e também tem seu trabalho solo.

caue3

CD “Lab Guitar Experience” Download grátis no site: www.facebook.com/caueleitao
Compra do CD Lab Guitar Experience – (contato.caueleitao@gmail.com)

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos