Os 20 anos do único sucesso de The Wonders | Trilha Sonora de Filmes

img-740248-wonders-o-sonho-nao-acabou-veja-como-esta-o-elenco-no-aniver20161004141475603563

“The Wonders – O Sonho Não Acabou” é um longa de 1996 que conta a história de uma banda inventada que com a faixa That Thing You Do! na década de 1960, com a seguinte história:

Em 1964, logo após os Estados Unidos serem possuídos pelo fenômeno musical dos Beatles, surge em uma pequena cidade da Pensilvânia os Oneders, mais tarde rebatizado pelo empresário como The Wonders. Porém, às vésperas de uma apresentação musical de calouros, o baterista do grupo quebra o braço, o que faz com que, em cima da hora, um jovem que trabalhava na loja de eletrodomésticos da família (Tom Everett Scott) seja convidado para substituí-lo. O jovem baterista, um aficionado de jazz, imprime durante a apresentação uma batida mais ritmada no que deveria ser uma balada, causando o descontentamento do vocalista e compositor do grupo (Johnathon Schaech). Mas seu instinto funcionou e a música se torna um sucesso nacional, levando o grupo aos primeiros lugares das paradas.

Resultado de imagem para the wonders tumblr

A história e músicas do The Wonders são extremamente familiares as dos Beatles. Mas a banda, ao contrário do que muitos pensam, é fictícia, uma criação de Tom Hanks, produtor e diretor do filme (além de dar vida a um dos personagens também). Algumas referências são fáceis de se encontrar durante o filme. Um exemplo é a mudança do baterista antes do sucesso: os Beatles trocam Pete Best por Ringo Starr, os Wonders substituiriam Chad por Guy. Mais um exemplo surge quando a banda se apresenta na televisão e a legenda “Careful Girls. He’s Engaged” (Cuidado garotas. Ele é noivo) aparece no close do líder da banda, Jimmy. Quando John Lennon aparecia no programa de Ed Sullivan as palavras eram “Sorry Girls. He’s married” (Desculpe garotas. Ele é casado). A aparência de bons moços de terno não poderia lembrar mais os garotos de Liverpool. A própria canção “That Thing You Do!” lembra as primeiras canções dos Beatles, principalmente “Please Please Me”. Mas, ao contrário do “quarteto fabuloso”, os Wonders não passaram de uma música de sucesso.

O grande hit dos rapazes do filme foi escrito, na verdade, por Adam Schlesinger, especialmente para o longa e chegou a concorrer ao Oscar e ao Globo de Ouro de Melhor Canção Original. Outras canções do filme foram compostas pelo próprio Tom Hanks como “Lovin’ You Lots and Lots” atribuída a outra banda fictícia, Norm Wooster Singers. A trilha sonora original do filme traz outras boas baladas bem anos 60, como “All My Only Dreams” e “Dance With Me Tonight”.

Como dito, a obra traz músicas originais compostas por Hanks, Adam Schlesinger, Rick Elias, Scott Rogness, Mike Piccirillo, Gary Goetzman e Howard Shore. The Wonders experimentaram uma súbita ascensão, tornando-se uma banda One-hit wonder com apenas uma música de famosa. Escrita e composta por Adam Schlesinger, baixista dos grupos Fountains of Wayne e Ivy, e lançada na trilha sonora do filme, a canção se tornou um genuíno hit da parada de sucessos com o disco The Wonders de 1996 (a música chegou a 41ª no Billboard Hot 100, 22ª no Adult Comtemporary, 18ª no Adult Top 40, e 24ª na Top 40 Mainstream).

Os Wonders nunca existiram, mas seu “principal sucesso”, “That Thing You Do!”, é super maneiro e você TEM que ouvir! O filme fez aniversário de 20 anos no dia 04 de outubro de 2016, então você também pode relembrar osvelhos tempos!

Resultado de imagem para the wonders tumblr

Canções

“Lovin’ You Lots And Lots” – The Norm Wooster Singers

“That Thing You Do!” – The Wonders

“Little Wild One” – The Wonders

“Dance With Me Tonight” – The Wonders

“All My Only Dreams” – The Wonders

“I Need You (That Thing You Do)” – The Wonders

“She Knows It” – The Heardsmen

“Mr. Downtown” – Freddy Fredrickson

“Hold My Hand, Hold My Heart” – The Chantrellines

“Voyage Around The Moon” – The Saturn 5

“My World Is Over” – Diane Dane

“Drive Faster” – The Vicksburgs

“Shrimp Shack” – Cap’n Geech & The Shrimp Shack Shooters

“Time To Blow” – Del Paxton

“That Thing You Do!” (Live at the Hollywood Television Showcase) – The Wonders

 

 

Victória Cardoso

Victória Cardoso

Redatora em Imprensa do Rock
Mais jovem do que gostaria, gosta do que lhe agrada (sim, isso mesmo!), escritora amadora e observadora social nas horas vagas. A insana que vê potencial para uma boa leitura em todos os fatos do cotidiano.
Victória Cardoso