One True Reason lança terceiro álbum, “Defiance”

Em ano emblemático, o quinteto hardcore ONE TRUE REASON celebra 15 anos de carreira com o lançamento do terceiro álbum, “Defiance”, já disponível pelo selo Artico Music nas principais plataformas de streaming. Ouça aqui: https://ONErpm.lnk.to/OneTrueReason. “Defiance” também tem versão física, em CD, lançado pela Artico em parceria da Seven Eight Life Recordings e Crecer Records.

São 10 faixas que reafirmam a banda paulistana como uma das formações mais criativas do hardcore nacional. Em “Defiance”, o ONE TRUE REASON acrescenta agressividade e algumas levadas heavy metal, no entanto, a essência mantém o vigor HC do álbum anterior, o elogiado “The Art of Survival”. Para quem busca referências, o trabalho do OTR é inspirado no hardcore estilo Nova Iorque, de bandas como Strife, Madball, Sick of it All e Terror.

Diego Gringo (vocais), Alexandre Bezerra (guitarras e vocais), Douglas Melchiades (guitarras), Guilherme Silveira (baixo) e André Giroti (bateria), a formação mais sólida e entrosada do OTR, trouxeram dois conhecidos e respeitados músicos do hardcore para este lançamento. “In this Hell” tem o canadense Andrew Neufeld (Comeback Kid) nos vocais, enquanto Pablo Menna, do Questions, outra instituição do hardcore nacional, toca guitarra em “R.I.P.”.

“Partir pro ataque” é a mensagem em “Defiance”, um contraponto aos gritos de resistência em “The Art of Survival”. “É sobre revidar, tomar postura mais agressiva contra toda a loucura que está tomando conta do mundo. Numa época em que querem calar a boca das pessoas na base da violência, é importante não abaixar a cabeça e aproveitar a chance que temos de ter um microfone em mãos e se posicionar contra toda forma de opressão. Contra todo o preconceito e ódio. Contra todo o fascismo e tirania mascarada na sociedade moderna”.

“The Displaced”, a música que abre o álbum, é um autêntico e pertinente manifesto hardcore, que aborda a situação dos imigrantes e refugiados no mundo. “Critica como os muros e as linhas imaginárias acabam a liberdade. E como a humanidade persiste no erro de se segregar pessoa apenas pelo lugar geográfico de onde elas vêm e não pelo que elas são”, explica o vocalista uruguaio radicado no Brasil há 17 anos.

Uma das músicas mais pesadas de toda a carreira do ONE TRUE REASON, “Endbringer” tem relação direta com os 15 anos da banda. “Fala sobre nós, a humanidade, sermos os arquitetos do nosso próprio extermínio. A medida que exploramos e acabamos com recursos naturais do nosso planeta apenas pela ganância”.

Foto: Pedro Henrique

Giancarlo Rossi

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. E Adora Cinema.
Giancarlo Rossi
Avatar

Giancarlo Rossi

Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. E Adora Cinema.