Noturnall @ Sesc Belenzinho – São Paulo/SP (01/09/2017)

A banda de metal brasileira NOTURNALL, acaba de fazer uma única apresentação no Sesc Belenzinho em São Paulo. O show fez parte do lançamento do álbum “9”, um excelente trabalho bem composto com excelentes músicas e sempre mostrando e comprovando, o talento de sobra que a banda tem.

Os shows no Sesc Belenzinho, são sempre apreciáveis e prazerosos de serem assistidos. Seja pela sua estrutura, pela excelente qualidade de som e por receber excelentes bandas nacionais. O imenso prazer de presenciar um show do NOTURNALL nesse local, foi mais do que especial e claro, fizeram uma apresentação digna de uma magnífica banda que é o NOTURNALL. Integrantes impressionantes e muito talentosos, tocando ótimas músicas dos seus álbuns de estúdio e músicas covers de excelentes bandas bem executadas, foi uma grande noite bem agitada com momentos hilários, emocionantes e muito talento para ser apreciado.

Começando o espetáculo as 21:30, já ouvimos a intro da música excelente “Hey!” sendo tocada de forma mecânica. Alguns segundos depois, a banda toda sobe ao palco continuando com a música e mostrando a energia que é o NOTURNALL e essa excelente canção eletrizante e talvez uma das melhores faixas do álbum. Continuando, veio a pesada “Zombies”, do primeiro álbum intitulado “Noturnall” de 2014.

“Fight The System” do “Back to Fuck You Up!” de 2015 foi a próxima. Outra música num ritmo pesado e cantada a primeira parte em português e a segunda parte em inglês. Com um refrão bem realizado cantado em inglês também. Depois, foi a vez do Thiago interagir um pouco com os fãs e fazendo um breve comentário sobre duas diferenças na banda, que seriam os integrantes que estavam substituindo o Fernando Quesada (baixo) e o Aquiles Priester (bateria), e de cara, apresentando esses integrantes que estavam substituindo-os. Que foi o baixista Alexandre Panta e o baterista Rafael Negreiros. Que já mostraram as suas capacidades nas músicas executadas até o momento. E falou também, sobre um algo muito especial que aconteceu na noite, foi o primeiro show sold out da história da banda. Com isso, algumas vibrações e ovacionadas pelo público foi presenciada.

Continuando, “No Turn At All” deu continuidade ao show. Em seguida, o Thiago explicou a ausência do Fernando Quesada na noite, por questões de saúde e queria dedicar a próxima música a ele, a ótima “Mysterious”, outra do mais recente lançamento. Bem rápida e empolgante, mostrando a potência da banda e essa grande composição. Em seguida, tocaram um cover e veio “Inferno Veil” da banda Shaman. Que inclusive, o Thiago já foi um dos integrantes da banda e quis executar essas canções que marcou na passagem dele no conjunto. Muito bem realizada. Depois o Thiago interagiu mais um pouco com o público, gerando algumas risadas entre eles e gerou também, um outro cover tocado e cantado pelo guitarrista Leo Mancini, a linda “Dust in the Wind” do Kansas. Muitas salva de palmas e com os fãs cantando junto a música, foi um momento especial e prazeroso em vê-lo tocar esse clássico do Rock.

Em seguida veio outras duas músicas covers da banda Shaman: as baladas “In the Dark”, muito bonita e marcante; E “Finally Home”. Depois, foi a vez do excelente tecladista Junior Carelli mostrar seu talento e sua voz na excelente música “Wait for Sleep” do Dream Theater. Uma bela música com lindas notas no teclado.

O Thiago mais uma vez interagiu com os fãs, dedicando a música seguinte às pessoas que possuem uma doença horrível e triste, o câncer. Que inclusive, ele mesmo falou que já passou por essa situação e que foi extremamente complicada e difícil de se lidar. A emocionante e talvez a melhor música do “9”, “Hearts as One” veio em seguida. Possuindo também um videoclipe bem comovente e reflexivo. Momento emocionante e marcante da noite.

A vez de mais um cover e dessa vez foi “I Want Out” da banda de Power Metal alemã Helloween. Bem rápida, empolgante e pesada, fizeram os fãs vibrarem muito por essa execução bem realizada. Em seguida, o Thiago apresentou a banda gerando altas ovacionadas pelos fãs. A música seguinte foi a “Sugar Pill” e depois, claro, a vez do famoso “bis” e foi a excelente “Nocturnal Human Side”. Assim, a banda pode se despedir da melhor forma com altas vibrações e muitos agradecimentos.

Cada integrante da banda são completamente admiráveis pelas suas excelentes performances em cima do palco. Muito dedicados e extremamente talentosos, fizeram a noite ser espetacular e marcante como foi essa. O Thiago Bianchi excepcional com os seus magníficos vocais e interagindo direto com os fãs. O tecladista Junior Carelli com seus impressionantes teclados, fazendo um digno trabalho de um ótimo músico e sempre se destacando na sua performance, seja pelo seu talento e pelo seu carisma. O guitarrista Leo Mancini, sempre importante com seus riffs bem envolventes e os solos bem caprichados no instrumento.

E claro, os dois integrantes que substituíram o Fernando Quesada (baixo) e o Aquiles Priester (bateria). O baixista Alexandre Panta bem capacitado para a apresentação, onde o próprio Thiago falou no meio da apresentação: “Essa pessoa tirou todo o show em menos de 18 horas”. Com certeza, já deu para ter uma noção da eficiência do Alexandre na apresentação. E o grande baterista Rafael Negreiros que também mostrou a sua capacidade no instrumento, realizando ótimos trabalhos bem consistentes e de extrema técnica.

Aproximadamente, uma hora e vinte minutos de apresentação, o NOTURNALL fez um espetacular show repleto de ótimas composições, muito divertimento e muita energia. Um show extremamente empolgante, prazeroso e muita dedicação por parte da banda. Mesmo com seus integrantes fixos ausentes, o NOTURNALL mostrou todo seu comprometimento com os fãs e o comprometimento na realização do show. Um grande exemplo de uma excelente banda representando cada vez mais o metal nacional.

Setlist:

1. Hey!
2. Zombies
3. Fight The System
4. No Turn At All
5. Mysterious
6. Inferno Veil (cover do Shaman)
7. Dust in the Wind (cover do Kansas)
8. In the Dark (cover do Shaman)
9. Finally Home (cover do Shaman)
10. Wait for Sleep (Cover do Dream Theater)
11. “Hearts as One”
12. I Want Out
13. Sugar Pill

Bis:

14. Nocturnal Human Side

Line-up:

Thiago Bianchi – Vocal
Alexandre Panta – Baixo
Junior Carelli – Teclado
Leo Mancini – Guitarra
Rafael Negreiros – Bateria

Foto: Fábio Augusto

Agradecimentos a produtora da banda: Silvana Paula

E ao Sesc Belenzinho pelo credenciamento