Nesher – e seu debut Sistema Babilônia quebrando preconceitos

Os preconceituosos que vão às favas! Este trabalho da banda cristã NESHER é um verdadeiro achado, em meio a quantidade de discos que saem por ai, e que soam extremamente genéricos.

O som aqui é voltado para o Heavy Metal Tradicional, contando com muita melodia e pitadas de Hard Rock, aqui e ali. Interessante mescla, e que funcionou como uma luva neste disco.

Por Rogério Rezende

Nota: 08.5/10.0

O CD é bem polido, tendo um trato na produção o seu grande trunfo, para que músicas como “A Chance”, “Deserto”, “Sonho Perdido” e “Cálice” possam funcionar, cativando o ouvinte, já num primeiro contato. O vocalista Rafael é excelente, e garante que as canções tenham a versatilidade necessária pra não cansar quem se aventura neste “Sistema Babilônia”. Aliás, tendo um bom cantor, é meio caminho andado pra coisa toda tomar proporções positivas. Particularmente, uma banda instrumentalmente pode ser impecável, mas seu eu não gostar da voz, desisto facilmente. Então, aqui, eles passaram por essa prova de fogo com louvor. O guitarrista e principal compositor, Thiago Maranduba também se destaca, sendo ele sempre preciso e contido em suas ideias, fortalecendo assim as músicas como um todo. Então, não se preocupem, pois não estamos diante de um álbum de guitar hero, com notas exageradamente em profusão. Ponto pro cara!

Gosto muito de ser surpreendido, e o trabalho do pessoal da MS se superou mais uma vez. Álbum físico muito bem feito, excelente impressão do encarte e músicas impregnantes, então, poderia dar algo errado?! Quero ver de perto a evolução deste trabalho… Muito bom!

Paula Alecio

Paula Alecio

Diretora, redatora e Apresentadora do Unimetal em Imprensa do Rock
Paula Alecio