NervoChaos anuncia desligamento de vocalista em pronunciamento

O NervoChaos, banda brasileira de death metal, anunciou no início da noite desta quarta (01) o desligamento do seu vocalista Brian Werner, após algumas manifestações políticas do mesmo em seu perfil. A banda emitiu o comunicado:

Comunicamos aos nossos fãs que a partir desta data Brian Werner foi desligado da banda NervoChaos

Brian Werner, nosso vocalista desde abril de 2020, postou uma foto em que incinerava bandeiras que representavam questões ideológicas.

Vivemos tempos difíceis com muitos conflitos. Repudiamos o nazismo, o fascismo e qualquer tipo de preconceito.

A banda NervoChaos, que fará 25 anos no mês de Setembro de 2021, foi fundada para tocar música e levar entretenimento para seus fãs.

Neste período já possuímos integrantes de muitas etnias, assim como fizemos turnês por diversos países, como por exemplo, Nepal, África do Sul, Índia, Japão, Filipinas, Singapura, Tailândia, Malásia, Camboja, Bolívia, Colômbia, Estados Unidos, Canadá, Rússia, México e outros mais.

No mesmo sentido, anualmente, fazemos uma turnê completa pelo Brasil, tendo tocado em muitas cidades de todas as regiões do país.

Nosso objetivo permanece o mesmo: levar música de qualidade e bons momentos a todos os nossos fãs.”

Hammerheart Records Hammerheart Records Brasil Tumba Productions Ehrlund Microphones LP Metal Press Woesley Johann Luiz Henrique Pedro Lemes Andrea Onisanti Victor F C Barbosa

As referidas postagens de Brian se encontra no link abaixo e logo virou alvo do MRU – Movimento Resistência Underground na manhã desta quarta e questionou a banda sobre algum posicionamento.

Avatar
Avatar

Marcio Machado

Estudante de História pela Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG), mas com o pé no jornalismo musical, desde os 12 anos se arriscava à escrever sobre o que ouvia em cadernos, se enveredando pela escrita jornalistica do Metal desde 2016 com o Whiplash, tendo de lá para cá, 80Minutos, Headbangers News, Gaveta de Bagunças, Headbangers Brasil e recentemente o Imprensa do Rock, como casas para seus textos e chatices. Tem como bandas de cabeceira Korn, Alice in Chains e Pantera, mas fã de muita coisa dos anos 90, a melhor década.