Megadeth: Dave Mustaine tenta explicar as demissões na banda

Dave-Mustaine

Em entrevista com a Brave Words, Dave Mustaine comenta sobre ser conhecido como um dos músicos que mais demitiram integrantes em bandas, e falou sobre sua fama de ser um sujeito difícil de se lidar.

Quando Chris (Broderick) e Shawn (Drover) nos deixaram – todos que estavam por dentro das coisas sabiam que o que estava acontecendo é que eles sabiam que estava sendo negociada uma reunião da formação do ‘Rust In Peace’. Quando ficaram sabendo eles fizeram a mesma coisa que eu faria, pediram pra sair. Bom pra eles, ouvi dizer que eles estão lançando um grande disco”.

Depois Mustaine fala de forma resumida sobre os integrantes que deixaram a banda no passado: “30 anos é muito tempo e se você perguntar a David Ellefson, ele vai confirmar que Gar (Samuelson) e Chris (Poland) foram demitidos por roubo de equipamentos. Chris (Behler) e Jeff (Young) foi mais ou menos a mesma coisa, quando as drogas quase destruíram a banda. Marty (Friedman) teve um colapso nervoso, e Nick (Menza) saiu por motivos que todos sabem. Depois deles tivemos uma boa pausa”.

“Muitas pessoas vem e vão, e tem seus motivos. Sou amigo deles? Sim, da grande maioria. Desejo tudo de bom para eles? Sim, para todos, especialmente agora que estamos tão entrosados no Megadeth. Espero que todos possam desfrutar indiretamente do nosso momento atual independente do que estão fazendo. Isto é o que sou, sempre desejei o melhor para todos envolvidos com o Megadeth, não sou daqueles que querem tudo pra si e o resto que se foda.

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos