Mark Farner @ Teatro Gamaro – São Paulo/SP (10/05/2019)

Pensa em um tiozão com seus 70 anos, de regata e uma faixa no braço, jeans colado, dançando, se requebrando sem parar no palco e com uma voz totalmente intacta. Sim, esse é a lenda chamada MARK FARNER, ex-guitarrista e vocalista do Grand Funk Railroad que voltou ao Brasil para celebrar 50 anos de carreira, com um show que podemos chamar de Greatest Hits de sua antiga banda.

O palco em São Paulo foi o Teatro Gamaro, na Mooca e mesmo assim, o público presente não quis saber muito de ficar sentado e assim como FARNER era uma animação contagiante.

A banda de apoio é sensacional e parecia que a lendária banda de hard rock que marcou os anos 70 estava se apresentando.

Para começar bem o show, nada como “Are You Ready” um classic rock de primeira, com muita energia e direta para lembrarmos o bom e velho rock n’ roll que consagrou e sem intervalo já emendou “Rock & Roll Soul”.

Um dos álbuns mais famosos do Grand Funk foi “E Pluribus Funk” de 1971, o famoso disco com a capa da moeda, onde um clássico que continha é a animada “Footstompin’ Music”, onde FARNER saiu rebolando por todo o palco, parecendo que tinha 20 anos e um carisma impressionante.

Depois veio o maior hit da história do Grand Funk Railroad que deixou a banda famosa na época: “We’re An American Band” (toca direto nas rádios de rock) cantada originalmente pelo baterista Don Brewer, mas que Hubner Crawford soube interpretar muito bem.

MARK FARNER fazia uma interação rápida com o público e logo emendava uma música na outra, principalmente no poderoso riff de “Paranoid”, com uma senhora introdução, mostrando porque ele é respeitado também como guitarrista.

Fazendo dueto com o baterista, veio a sensacional “Shinin’ On” faixa-título de 1974, onde a banda na ocasião começou a sofrer com problemas envolvendo o antigo produtor Terry Night que quase afundou a banda em razão dos direitos autorais.

Para quem vos escreve, o show já valeu simplesmente porque tocou a maravilhosa “Heartbreaker”, que canção linda do começo ao fim de seus mais de 6 minutos de duração. Uma verdadeira balada que termina na potência do hard rock tipicamente americano.

Outro hit que marcou a banda foi “Bad Time” que obviamente não ficou de fora. A plateia cantava junto a música inteira mantendo uma sintonia incrível. Imagina se não fosse em um teatro esse show.

Quando veio “The Loco-Motion”, quem estava na parte debaixo do palco simplesmente foi para perto da banda e nem mesmo os seguranças foram capazes de conter os fãs. No final todo mundo saiu para cantar junto com o guitarrista.

Foi assim em “Some Kind of Wonderful” e na épica “I’m your Capitan (Closer to Home)”, um verdadeiro hino para as tropas americanas para fechar em grande estilo a noite memorável. Se MARK FARNER voltar ano que vem, pode ter certeza que estarei novamente.

Setlist:

1. Are You Ready
2. Rock & Roll Soul
3. Footstompin’ Music
4. We’re an American Band
5. Aimless Lady
6. Paranoid
7. Into the Sun
8. All You’ve Got Is Money
9. Shinin’ On
10. Heartbreaker
11. Mean Mistreater
12. Bad Time
13. Sin’s a Good Man’s Brother
14. The Loco-Motion
15. Some Kind of Wonderful
16. I’m Your Captain (Closer to Home)

Line-up:

Mark Farner – Guitarra e Vocal
Lawrence Buckner – Baixo
Hubner Crawford – Bateria e Vocal
Mark Baron – Teclados

Texto: Alessandro Rossi

Fotos: Leca Suzuki

Giancarlo Rossi

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. E Adora Cinema.
Giancarlo Rossi
Avatar

Giancarlo Rossi

Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. E Adora Cinema.