Live Sessions: evento reuniu três grandes dinossauros do rock nacional

O Citibank Hall na noite do último sábado (26/04), recebeu três grandes bandas RPM, Biquini Cavadão e Titãs, dinossauros do rock n’ roll Nacional. Apresentaram seus clássicos consagrados no mundo da música junto de novos lançamentos que já chegaram às lojas, ou ainda, estão para serem lançados em formato físico para todo o público.

Chegando por volta das 18:40, já era possível ver os primeiros fãs aglomerando a fila da portaria principal. Segundo uma emissora de televisão, estava previsto para chegar aos nove graus de temperatura e realmente foi uma noite bastante gelada. Mas, o calor interno tomou conta de todo mundo. Afinal, boas lembranças seriam registradas aquela noite.

Sobretudo algumas confusões aconteceram na entrada da imprensa, que se mostrou um pouco confusa. Mas, no final tudo ocorreu bem. Entramos e já podíamos ver outros fãs tirando fotos, e se divertindo com os grandes cartazes das bandas reunidas em uma parte da casa.

Se tratando do publico, a casa estava lotada. O show foi conduzido com pessoas de 30 anos e da nova geração, como eu, que estava presente para curtir esses maravilhosos clássicos.

Exatamente as 21h10 o RPM sobe ao palco, a primeira introdução da noite é iniciada. Paulo Ricardo, vocalista e baixista da banda estava com toda sintonia e empolgação possível. Soltando um alegre “Boa noite São Paulo” a primeira música que se chama “Muito Tudo” foi tocada, e conforme era reproduzido, o guitarrista “Fernando Deluqui” juntamente com Paulo Ricardo faz o público cantar o refrão em coro, e foi realmente o que aconteceu. Enquanto a iluminação passeava pela casa com seus efeitos fortes e chamativos podíamos ver esse momento ilustre pela animação do telão. Nesse instante o músico já anunciou a segunda música “Dois Olhos Verdes” que fez parte do primeiro-single do novo álbum “Elektra”. O mesmo se emocionou no discurso, e disse que era uma honra estar de volta depois de tanto tempo. Tocar com os monstros do rock nacional como Titãs e Biquini Cavadão no Live Sessions, eram memoráveis.

Foto por: Aluisio Ribeiro (ROCK SP) // © Todos os direitos reservados.

Foto por: Aluisio Ribeiro (ROCK SP) // © Todos os direitos reservados.

As próximas músicas tocadas foram “Vida Real”, “Rainha”, “Juvenília”, “Guerra Fria”, “A Cruz E A Escada”, “Partnes” novamente um leve discurso de Paulo Ricardo anunciando um cover em homenagem ao falecido Cazuza  “Exagerado”, um trio de peso, para finalizar a primeira parte do show: “Mergulho”, “Naja” e o segundo tributo da noite “Flores Astrais” da banda Secos e Molhados.

A segunda parte, foi um pouco acústica, houve uma mistura de covers. O primeiro INXS, que teve um leve toque de mudança, quando resolveram interligar a música com “No Woman No Cry” do Bob Marley. De começo estranhei, mas depois começou a entrar novamente em sintonia e neste instante foi quando anunciaram mais covers, desde John Lenon com a clássica “Imagine” até U2 “One” e com direito a belíssima “Wish You Were Here” do Pink Floyd.

A terceira parte do show considerei mais “encore”, músicas mais clássicas da banda que surgiram na set-list. E, por final, terminaram com uma fala que fez sair diversas palmas dos fãs presentes no Citibank Hall. O músico Paulo Ricardo deu o destaque para a situação da Petrobras que estava difícil de engolir, e que, nas próximas eleições tomássemos vergonha na cara de votar de maneira certa com consciência limpa.

Foto por: Aluisio Ribeiro (ROCK SP) // © Todos os direitos reservados.

Foto por: Aluisio Ribeiro (ROCK SP) // © Todos os direitos reservados.

Após a espetacular apresentação do RPM, aquela nova meia horinha de espera veio à tona, o público estava com os nervos à flor da pele de tanta adrenalina já gasta de empolgação. No playback, sons das bandas Aerosmith e Red Hot Chili Peppers esquentavam mais ainda o clima dos fãs presentes quando por volta das 23h50, à introdução de Biquini Cavadão veio à tona, trazendo músicas como “Tédio” (o que estava longe de ser o show dos caras), “No Mundo da Lua”, “Carta Aos Missionários” e muitos clássicos fizeram parte do repertório. O Saxofone dominava o estilo da banda, enquanto em algumas pausas do show, o vocalista soltava suas declarações sobre a indicação ao Grammy, o começo da banda, a história que os fãs tem com os músicos,  anunciando e tocando faixas do novo CD,  um grande medley que deu pra curtir pra caramba, finalizando o show! Sabe, com o que, caro leitor? Simplesmente o vocalista Bruno Gouveia pula pra galera e de braços abertos é levado pela multidão que claro, adorou encostar por alguns segundos no seu ídolo favorito.

Foto por: Aluisio Ribeiro (ROCK SP) // © Todos os direitos reservados.

Foto por: Aluisio Ribeiro (ROCK SP) // © Todos os direitos reservados.

Sim, TITÃS! A banda entrou por volta da 1h da manhã tocando um trio de peso que envolveu até cover do Raul Seixas. Na faixa “Sonífera Ilha”, Bruno Gouveia do Biquini Cavadão foi chamado ao palco para uma participação mais que especial que animou mais ainda o publico presente.

Com o set list sendo escolhida com a maior responsabilidade do mundo, músicas da era de ouro foram tocadas, misturando as novas músicas que estavam por vi no novo CD da banda que aliás, estão sensacionais, um pouco do velho Titãs está de volta nesse excelente disco.

Os discursos que envolviam atos políticos, brincadeira dos músicos que sempre diziam estar abusando do publico presente, fazia a alegria dos fãs, “Cabeça Dinossauro”, “Vossa Excelência, “Homem Primata” e “Polícia”, foram alguns dos maravilhosos clássicos tocados naquela belíssima noite”.

Foi uma excelente noite. Com pontos altos em todos os sentidos, desde o público que curtiu tranquilo, aos músicos sempre atenciosos e felizes por estar em um Citibank hall lotado, com diversos outros elementos especiais que fizeram uma noite sensacional.

  • Texto por: Victor Santos // Fotos por: Aluisio Ribeiro (ROCK SP)
  • Credenciamento: LIVE SESSION
Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos