Limp Bizkit faz São Paulo tremer em show de comemoração dos vinte anos

Em turnê de comemoração de 20 anos o Limp Bizkit fez o Espaço das Américas tremer! Em apresentação única, nesta quinta feira (26), a banda fez um show de peso em São Paulo, com direito a abertura e convidados especiais como Digão (Raimundos), o Rapper Xis, apresentação do Thiago DJ e Luka da rádio 89, rodas na pista, pulos e muita agitação!

Texto: Andreza Oliveira / Foto: Jair Gomes Silva
Edição:  Victor Santos
Credenciamento: Espaço das Américas

La Raza

LaRaza-11 okA banda paulista La Raza foi à escolhida para a abertura do show. E uma ótima escolha, diga-se de passagem! Seguem influências como Primus, Suicidal Tendencies, Red Hot Chili Peppers, fazendo uma mescla entre o peso do Rock com o Hip Hop. A banda tem identidade e uma sonoridade que se conecta perfeitamente com o estilo do Limp Bizkit.

Quem deu um olhar de 360° na pista, viu o público inteiro curtindo! A galera se envolveu e recepcionou muito bem a banda.

A apresentação contou com dois convidados, o primeiro foi com o Rapper Xis, “o preto bomba” da zona leste!  A segunda foi com o Digão, atual vocalista da banda Raimundos, que cantou o clássico “Esporrei na Manivela”.  A “pancadaria” já começou aí! A primeira roda se abriu todo mundo cantou e curtiu junto. Menos um rapaz, que no meio da plateia, tomou uma garrafada de agua bem na testa, lançada pelo vocalista Alex Panda! Que falta de sorte, hein!

Limp Bizkit

LimpBizkit-18 okAo som de Pantera, Sepultura e Slayer o público aguardava o Limp Bizkit entrar. A noite fria não espantou os fãs, que pouco tempo antes do show, se enfileiravam na bilheteria para conseguir um ingresso. Na pista estavam todos aquecidos e eufóricos diante do show incrível que nem imaginavam assistir!

A música “Boiler” foi a que deu o primeiro pontapé inicial na apresentação! Fred Durst com a sua irreverência dançou, pulou, fez cover de Michael Jackson com direito a dancinha! Jogou muita agua no público e até arriscou falar alguma palavrinhas em português! As músicas “Hot Dog”, “The Trust” e “Full Nelson” levantaram ainda mais o público, que continuaram a pular durante todo o show. Enquanto isso, as rodas no show do Limp Bizkit se formavam. Uns entravam, outros ficavam em volta, mas ninguém ficou parado!

LimpBizkit-17 ok

O público cantou alto com as músicas “My Way”,  “Eat You Alive” e “Break Stuff”, enquanto Fred andava de um lado para o outro observando a legião de fãs que estavam ali. O vocalista se deslocou nas laterais do palco apontando para os camarotes, mostrou os dedos para o público, depois pulou do palco pra cantar na grade junto com os fãs, que se espremiam para chegar perto, ou ficavam atentos para pegar uma das dezenas de garrafas que ele lançou para o público durante o show.

LimpBizkit-14 ok

Não houve um que não se contagiou e pulou junto com a galera! De repente, Fred se abaixou, e ficou lá por alguns minutos. Logo a pista toda se abaixou também para acompanhá-lo e levantaram todos num grande salto geral! O descanso veio com “Behind Blue Eyes”, todos levantaram as luzes dos celulares ou isqueiros para cima.

LimpBizkit-16 okA apresentação chega ao fim! O Limp Bizkit fez aproximadamente duas horas de show, que ficará marcado na memória de cada um que esteve ali. Para finalizar, a banda se despediu ao som de Bee Gees Stayin’ Alive, com direito a dança de encerramento do Fred. Todos saíram exaustos, porém felizes. O aniversário é da banda, mas o Brasil agradece o presente!

Abaixo, confira galeria de fotos completa pelos olhares de Jair Gomes Silva.

ArrowArrow
Slider