Jacob Collier: volta ao Brasil para apresentar seu novo show em São Paulo

Uma das maiores sensações do jazz mundial, o aclamado cantor, compositor e multi-instrumentista volta ao Brasil para apresentar seu novo show em São Paulo 

Prodígio britânico, que já recebeu dois prêmios Grammy em 2017, faz apresentação única na Audio em 5 de novembro

O britânico Jacob Collier é mais um dos artistas da safra de estrelas que deu seus primeiros passos na internet, transformando-se em uma sensação em todo o mundo, e acabando consagrado como astro global, empresariado por Quincy Jones e aclamado por estrelas da música internacional como Herbie Hancock, Pat Metheny, Chick Corea e Steve Vai para citar apenas alguns.

Atualmente com 25 anos, Collier é músico, arranjador, compositor, cantor, multi-instrumentista e produtor, reconhecido mundialmente como um dos jovens músicos mais notáveis, criativos e prodigiosos da atualidade.

A apresentação única em São Paulo acontece em 5 de novembro na Audio, em mais uma realização da MOVE CONCERTS, com o patrocínio da Itaipava e TNT Energy Drink. Ingressos para o show já estão disponíveis AQUI.

Desde o começo quando postou seu primeiro vídeo YouTube em 2011, assombrando o mundo com seu enorme talento, passando pela aclamação da crítica aos 20 anos em um show em Londres, em 2015, quando foi chamado pelo jornal britânico “The Guardian” de “O Novo Messias do Jazz”, Collier já abocanhou dois prêmios Grammy em 2017 por seu primeiro álbum In my room de 2016, e o prestigioso Edison Jazz Vocaal em 2019  por seu segundo álbum, DJesse Vol.1, de 2018.

Baseado em Londres, Jacob possui um desconcertante nível de habilidade musical, inspirando-se nos mais diversos sons, combinando elementos de jazz, cappellagroovefolktrip-hop, clássico, música brasileira, gospel, soul e improvisação, que se aliam para criar o seu extraordinário mundo musical.

Jacob Collier cresceu em uma família de músicos e aprimorou suas ideias musicais desde muito jovem. Ele abraçou o mundo da Internet para compartilhar seu talento criativo, tornando-se mais conhecido por criar seus vídeos no YouTube com vários tipos de música, onde ele canta todas as partes, toca todos os instrumentos e visualiza cada componente.

Desde sua primeira incursão no YouTube em dezembro de 2011, os canais sociais on-line de Jacob conquistaram centenas de milhares de seguidores internacionais e mais de 60 milhões de visualizações.

Com hits virais, como sua interpretação do clássico de Stevie Wonder, “Don’t You Worry  ‘Bout A Thing”,  Collier conquistou um público global e,  surpreendentemente , atingiu a elite mundial do jazz, conquistando um time de artistas que inclui inguém menos que Quincy Jones, Herbie Hancock, Pat Metheny, Chick Corea, Steve Vai e Take 6, para citar apenas alguns.

Jacob passou um longo período em 2014 colaborando com Ben Bloomberg no Massachusetts Institute of Technology  (MIT) em Boston, projetando e construindo um inovador veículo de performance solo ao vivo, para apresentar seu formato de música de um homem multi-instrumental e multi-visual.

Ele estreou este show no Montreux Jazz Festival em 2015, tocando na mesma noite em que se apresentaram Herbie Hancock e Chick Corea, quando a revista especializada Jazzwise o proclamou como “O Futuro da Música”. O artista viajou pelo mundo por dois anos e meio com seu show solo até a apresentação final em Roma, em dezembro de 2017.

Collier também tem viajado constantemente para dar masterclasses em escolas e universidades, além de apresentações com orquestras e grandes bandas ao redor do mundo, incluindo o Metropole Orkest.

Seu álbum de estreia, In My Room, de 2016, atingiu a primeira posição no iTunes Jazz em 23 países e também a primeira posição na Billboard Contemporary Jazz Album. Pelo trabalho, Collier recebeu dois prêmios Grammy 2017 na categoria Jazz.

Em janeiro de 2018, Collier começou a trabalhar em Djesse, um ambicioso álbum de 4 volumes e 50 músicas, descrito como uma “jornada por todos os gêneros musicais sob o sol”, colaborando com vários artistas e conjuntos. O primeiro volume, Djesse Vol. 1, foi lançado em dezembro de 2018 e já figura no TOP 6  do US Jazz e US Classical. O segundo, Djesse vol. 2, em julho de 2019.

Collier agora conta com o apoio de uma banda, incluindo o multi-instrumentista português Maro, o baixista Robin Mullarkey e o baterista Christian Euman.