Imperative Music está com inscrições abertas para bandas brasileiras para participar da nova coletânea mundial

Bandas Brasileiras de Death/Thrash/Black/Gothic Metal/Heavy Metal, escreva-nos agora (nos contatos abaixo) para participar no Volume XVI da Imperative Music Compilation.

Contatos:
Website: clique aqui
Email: imperativemusicagency@gmail.com
 
Estamos entrando na reta final da produção de nossa nova Coletânea DVD, o lançamento será em Dezembro de 2018.
 
NOVA COLETÂNEA EM PARCERIA COM NUCLEAR BLAST RECORDS & NAPALM RECORDS, INCLUIDO O APOIO DAS GRANDES BANDAS;


 

SUFFOCATION (ESTADOS UNIDOS) – NUCLEAR BLAST RECORDS
BELPHEGOR (ÁUSTRIA) – NUCLEAR BLAST RECORDS
VADER (POLÔNIA) – NUCLEAR BLAST RECORDS 
VISIONS OF ATLANTIS (ÁUSTRIA) – NAPALM RECORDS
 
BANDAS CONFIRMADAS NO VOLUME 16: 
 
VISIONS OF ATLANTIS (Austria) – Gothic Metal
SUFFOCATION (Estados Unidos) – Death Metal
BELPHEGOR (Austria) – Black Metal
VADER (Polônia) – Death Metal
EVERSIN (Itália) – Post Thrash Metal
RIOTOUS INDIGNATION (EUA) – Thrash Metal, segunda vez participando
THE UNDEAD MANZ (Brasil) – Industrial/Metal, terceira vez participando
S.O.S. (França) – Heavy Metal
DREAMS IN FRAGMENTS (Suiça) – Melodic Death Metal
FORGE (Suiça) – Symphomic Fold Pagan Metal
AMETHYST (Costa Rica) – Gothic Metal, terceira vez participando
DEATHTALE (Austria) – Thrash Metal, segunda vez participando
FRAGMENTA (Australia) – Industrial Thrash, terceira vez participando
DISTILLATOR (Holanda) – Progressivel Thrash Metal
KAMBRIUM (Alemanha) – Epic Folk Death Metal
SIXGUN RENEGADES (Finlândia) – Hard Rock da Playground Music Rec
FIRSTSTRIKE (Estados Unidos) – Original California Thrashers desde 1986
POSEYDON (Bélgica) – Thrash Death Metal desde 1992
 
– Distribução Mundial.
 
– Divulgação na Mídia pela internet, revista impressa, e rádios.
 
– Cópias enviadas para Gravadoras e outras pessoas importantes.
 
– Masterizado por Gwen em Slab Sound Studio, França.
 
Aproveite para expandir a sua banda no exterior, poucas vagas neste momento.

Nossa proposta de trabalho têm agradado bandas da Alemanha, França, Japão, Estados Unidos, Suiça, Finlândia e de muitos países desenvolvidos, pode confiar que a coisa é séria.