Immortal – “Northern Chaos Gods”

Depois de tantas brigas judiciais e separações, o IMMORTAL voltou a lançar um álbum de estúdio no dia 06 de julho. Agora formado pro Demonaz (guitarra e vocal) e Horgh (bateria), enquanto Peter Tägtgren, o produtor que fez as linhas do baixo, mostraram total inspiração no sombrio e pesado “Northern Chaos Gods” do começo ao fim, mostrando que a fase Abbath foi superada da melhor maneira possível.

A primeira música é a faixa título, que remete muita agressividade e rapidez, algo característico da banda, com Horgh usando muito bem os dois pedais, Demonaz com a sua voz rasgada e o riff sem dúvida marcante e típica para abrir o show da banda.

“Into Battle Ride” lembra bastante o som do clássico “Sons of Northern Darkness”, trabalho que ganhou grande notoriedade dentro do black metal.

Para dar aquele ar bem sombrio, característico do movimento, “Gates to Blashyrkh” é outra música fenomenal, bem mais elaborada e com toda a técnica conhecida quando se trata de Demonaz ao quebrar o ritmo.

“Grim and Dark” parece que pegou parte da faixa anterior para demonstrar as montanhas nórdicas da região sempre com muita neve envolvida na imensa escuridão.

A pedrada gélida permanece em “Called to Ice” uma música com uma pegada mais rápida que as anteriores do álbum mas que mostra uma certa continuidade na batalha pelo céu e nas montanhas.

Outra faixa que começa de maneira melódica é “Where Mountains Rise” que mostra um ar mais introspectivo e a raiva pela escuridão consome a cada passo feito em buscar o poder e o despertar da alma. Já a penúltima faixa, “Blacker of Worlds” é uma música direta e com poderosos riffs de Demonaz.

Para fechar o possível álbum do ano no mundo do metal, a épica e maravilhosa “Mighty Ravendark” em seus 9 minutos. Estou ansioso para ver isso ao vivo. Enfim, o IMMORTAL acertou em cheio neste disco e tem tudo para seguir adiante mesmo resumido em dois integrantes.

Minha nota sincera ao disco: 9,5 (sem exageros, é preciso escutar inteiro).

Faixas:

1. Northern Chaos Gods
2. Into Battle Ride
3. Gates to Blashyrkh
4. Grim and Dark
5. Called to Ice
6. Where Mountains Rise
7. Blacker of Worlds
8. Mighty Ravendark

Line-up:

Demonaz – Vocais e Guitarra
Horgh – Bateria
Peter Tägtgren – Baixo

Texto: Alessandro Rossi

Giancarlo Rossi

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. E Adora Cinema.
Giancarlo Rossi
Avatar

Giancarlo Rossi

Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. E Adora Cinema.