Grandfúria relança disco e mostra documentário sobre o trabalho

Grandfúria relança disco e mostra documentário sobre o trabalho


Obra conceitual “O Sopro e o Momento” ganhou versão deluxe por conta do aniversário de um ano

Não é pretensão dizer que o disco O Sopro e o Momento representou um divisor de águas criativo na carreira da banda caxiense Grandfúria, chancelando de vez a proposta de misturar rock com sons nativistas. E para comemorar um ano do lançamento desse álbum conceitual – inspirado na obra literária O Tempo e o Vento, de Erico Verissimo –, os caras disponibilizam agora uma versão mais recheada do trabalho. Além das já conhecidas 11 faixas do disco, o relançamento traz outras sete novas versões gravadas em live sessions. A banda também colocou na roda um documentário de 49 minutos sobre todo o processo de composição e gravação do trabalho, com depoimentos dos integrantes da banda e de convidados que participaram dos bastidores do disco, como Tomás Savaris e Carlos Balbinot.

 

Nós da Rede

Anderson Severo

Agitador Cultural em Sub_Discos
Comecei a ouvir Rock N'Roll desde minhas primeiras lembranças conscientes, desde muito cedo. Isso deve ter sido lá por 1985. Começando de cara pela minha primeira lembrança Sonora e Estética é foi e sempre será Raul Seixa, claro que com o amadurecimento e expansão da consciência, as novas lembranças são Ramones, LED Zepellin, The Doors; Conheci também já pré adolescente AC/DC, Legião Urbana, Rolling Stones e Creedence.Ainda adolescente conheci pessoas atuantes na cena local, fui trabalhar como roadie de uma banda chamada orgasmo.
Até que quis montar minha própria banda.
No decorrer da caminhada passei por projetos como:
2000 - Resistência Aflita
2004 - Kaos Eminente
2006 - Estado Crítico
2014 - Insulto Verbal
2015 - Atualmente faço parte dos Projetos
Capa Preta e Exclusão Social.
Atuo promovendo eventos, lançando e distribuindo fonogramas, divulgando bandas eventos. Sou Adepto a filosofia Punk e ouço muito Hard Core, Cólera, Ratos de Porão entre outras.
Avatar
Nós da Rede

Últimos posts por Anderson Severo (exibir todos)

Avatar

Anderson Severo

Comecei a ouvir Rock N' Roll desde minhas primeiras lembranças conscientes, desde muito cedo. Isso deve ter sido lá por 1985. Começando de cara pela minha primeira lembrança Sonora e Estética é foi e sempre será Raul Seixa, claro que com o amadurecimento e expansão da consciência, as novas lembranças são Ramones, LED Zepellin, The Doors; Conheci também já pré adolescente AC/DC, Legião Urbana, Rolling Stones e Creedence. Ainda adolescente conheci pessoas atuantes na cena local, fui trabalhar como roadie de uma banda chamada orgasmo. Até que quis montar minha própria banda. No decorrer da caminhada passei por projetos como: 2000 - Resistência Aflita 2004 - Kaos Eminente 2006 - Estado Crítico 2014 - Insulto Verbal 2015 - Atualmente faço parte dos Projetos Capa Preta e Exclusão Social. Atuo promovendo eventos, lançando e distribuindo fonogramas, divulgando bandas eventos. Sou Adepto a filosofia Punk e ouço muito Hard Core, Cólera, Ratos de Porão entre outras.