Firewind @ Manifesto Rock Bar – São Paulo/SP (10/03/2018)

 FIREWIND “INCENDEIA” O MANIFESTO BAR!

 

 

No último sábado, dia 10 de março, a banda grega de Power Metal, Firewind, capitaneada pelo virtuoso guitarrista Gus G (ex. Ozzy Osbourne), esteve pela primeira em nosso país  trazendo  a turnê do novo álbum “Immortals” . Belíssimo trabalho da banda helênica, co-produzido e masterizado por Dennis Ward (UNISONIC, PLACE VENDOME, PINK CREAM 69) e  capa feita pelo artista brasileiro Gustavo Sazes.

Com seus 20 anos de estrada, a banda, está em seu auge  e nos proporcionou um show mágico, forte e poderoso.

Pontualmente os deuses desceram do Olimpo, Bob Katsionis (guitarra e teclados), Johan Nunez (bateria), Petros Christo (baixo), Gus G (guitarra) e Henning Basse (vocal), se posicionaram no palco do Manifesto Bar e ao som da introdução da épica “Ode to Leonidas”, do novo álbum “Immortals”, iniciaram o concerto.

Começo de show com muita energia, deixando o público “pilhado”e enlouquecido.

Logo em seguida veio a pesada “We Defy”, também do “Immortals”, com uma bateria precisa, veloz, juntamente com os outros instrumentos em perfeita harmonia. Da guitarra de Gus G solos hipnóticos, que perduraram por todo show.

No total foram seis músicas do novo álbum e o restante bem destribuído pelas outras da carreira da banda.

Muito bem escolhido o repertório para esse show,  senti falta da “Destination Forever” e da linda balada “Land Of Eternity”, em compensação  tocaram a belíssima “Lady of 1000 Sorrows”, com dedilhados limpos e tocantes, linha de baixo bem pronunciada e vocal apaixonante.

Bob Katsionis, alternava guitarra e teclado e em alguns momentos tocava os dois juntos, acreditem.

Henning Basse, com sua voz potente e “rasgada”, chamava o público a participar e a galera obedecia, cantando, acompanhando  as músicas e participando das brincadeiras do vocal.

A banda cumpriu o que prometeu; testemunhamos o avivamento dos mortos em batalhas eternas que esculpiram o Ocidente através do som do Power Metal e para complementar o espetáculo, no encore,  Gus G desceu do palco e foi tocar sua guitarra no meio do público, nos deixando  mais louco do que já estávamos.

E assim terminamos a noite com nosso punho em glória junto a Henning Basse, Petros Christo, Bob Katsionis, Johan Nunez e Gus G.

 

 

 

Firewind é:

Henning Basse – Vocal

Petros Christ – Baixo

Bob Katsionis – Guitarra e Teclado

Johan Nunez – Bateria

Gus G. – Guitarra

 

Confiram o Set List

Ode to Leonidas

We Defy

Head Up High

Few Against Many

Between Heaven and Hell

World on Fire

The Fire and the Fury

Hands of Time

Wars of Ages

Lady of 1000 Sorrows

Mercenary Man

Tyranny

I am the Anger

Live and Die by the Sword

Falling to Pieces