Exclusiva com: Vageliss Karzis (Rotting Christ e Full House Brew Crew)

Vageliss Karzis – baixista do ROTTING CHRIST e frontman do FULL HOUSE BREW CREW diz coisas como: … “Sepultura. Esta banda tem sido das minhas bandas favoritas”…. ; “…”Faremos um novo álbum e faremos novas turnês!”; …”O Brasil é como meu segundo lar”, Vai perder?

Bora conferir!

Para os que ainda não o conhecem: Vageliss Karzis é o fundador da banda de Heavy Rock FULL HOUSE BREW CREW (ou Full House B.C.). Uma banda Grega, precisamente da cidade da Deusa da sabedoria: Atenas, formada em 2009. O primeiro álbum “Bet It All” foi gravado em 2010, juntamente com um videoclipe para o single “No Retreat”. E, atualmente estão em processo de composição do seu segundo álbum.

E, Vagellis é baixista da ROTTING CHRIST também. Banda de metal extremo grega formada em 1987. Grupo conhecido por influenciar toda uma nação com seu estilo Black Metal. Atenas conheceu o metal através dessa galera.

1. Rotting Christ está comemorando 30 anos de banda! Nossos sinceros parabéns! Vageliss, você se integrou a essa consagradíssima e super influente, certo? Como foi para você, juntar-se a uma banda tão especial para o seu país?

R: É uma experiência incrível compartilhar o palco com os monstros do metal que eu cresci ouvindo! É ótimo fazer parte da era dessa banda. Parece que a banda é conhecida é o pico e todos nos sentimos muito orgulhosos. Entrei na banda em 2012 e desde então estamos trabalhando e fazendo muita turnê!

2. Você também faz parte da banda de metal “Full House Brew Crew”, que tem uma sonoridade e temas muito diferentes, e na qual você toca guitarra. Como é para você: liderar com a diferença de sonoridade e de instrumento?

R: É realmente natural ter essa posição, sendo o criador e o líder. Eu gasto muito tempo para conseguir cantar e tocar junto. Conheci muitos produtores e engenheiros de som ao longo dos anos e vi que você pode fazer praticamente tudo. Não há necessidade de limitações!

3. O último álbum do Rotting – “Ritual” (2016), obteve uma repercussão absurda em todo o mundo. Como foi a experiência de fazer parte desta nova produção junto com os pioneiros do estilo na grande Atena?

R: É uma honra levar a bandeira de metal Grega em todo o mundo e representar um ótimo álbum. A resposta é surpreendente e nós participamos de alguns dos maiores festivais deste ano!

4. A banda também já dividiu os palcos com grandes nomes em festivais muito importantes em todo o mundo. Conte-nos sobre um desses shows que tenha sido importante para a banda?

R: O primeiro fest que vem em minha mente é Graspop. RAMMSTEIN foi o headliner desse dia, e também foi ótimo nos encontrarmos com nossos parceiros do do MAYHEM.  Nós também fizemos uma turnê com eles nos Estados Unidos com o WATAIN!

5. Como é a cena do metal na Grécia? Nos apresente algumas bandas da sua pátria.

R: A cena está crescendo muito rápido e isso é ótimo para todos nós. Banda como RAVENCULT ou VARATHRON são apenas alguns dos nomes do Black Metal e no Death metal, temos a DEAD CONGREGATION. Nós também temos outros grandes nomes como SUICIDAL ANGELS e PLANET OF ZEUS.

6. Você tocou em nosso País recentemente. Como foi a experiência aqui?

R: O Brasil é como meu segundo lar. Eu me sinto muito bem com as pessoas e sua cultura. Não tendo tanto tempo para dar uma volta, mas eu já estive lá 4 vezes , e os fãs fizeram desse um lugar realmente especial para nós!

7. Você ouve qualquer banda brasileira? Em caso afirmativo, qual deles?

R: Definitivamente, Sepultura. Esta banda tem sido das minhas bandas favoritas. Nós também jogamos juntos na Hungria há alguns meses atrás. São um pessoal gente boa. Sempre ótimo para conversar e ouvir.

8. Como é o relacionamento de Rotting com os fãs brasileiros?

R: Nos sentimos como heróis às vezes! Você são apaixonados, fato que nos leva a uma relação formidável.

9. Quais são os próximos passos da banda?

Faremos um novo álbum e faremos novas turnês!

10. Deixe uma mensagem para nossos leitores.

Espero vê-los todos brevemente! Ouça e apoie o metal que todos amamos e estamos orgulhosos!

 

Entrevista e Tradução: Paula Alecio

Nossos sinceros agradecimentos a Isa Publicidade pela parceria!