Exclusão Social – Lança novo álbum

Exclusão Social – Lança novo álbum

O álbum Exclusão Social 20 anos ao vivo já está disponível no formato físico “CD” e praticamente esgotou a primeira tiragem mas já está disponível nas plataformas digitais, como Deezer, Spotfy, Google Play, Itunes e em praticamente todas mais utilizadas na atualidade, em breve também estará disponível no youtube.

O álbum foi gravado no estúdio Ophicina Sonora, sede do Selo Sub_Discos em Caxias do Sul /RS, e conta com a produção de Tchaina baixista da Banda.

“Com exceção de Crianças que foi gravado por canais separados e contou com as participações das crianças, filhos dos integrantes e do Marciano, o álbum é totalmente ao vivo e temos a participação de Marciano Bondan vocalista da banda farroupilhense, Geração Final, na música Bomba Bomba Kaos. ” diz Tchaina sobre a produção do Álbum.

A banda Exclusão Social, que está em atividade há 20 anos Antes de mais nada, vamos nos situar:  A Exclusão é uma banda remanescente do movimento punk que estava presente nos anos 90 e todos os integrantes estiveram totalmente comprometidos com o movimento punk, até os dias de hoje, conseguindo se manter na ativa até hoje.

Assim, não é difícil concluir que uma banda que se chama Exclusão Social, não esteja fazendo um som tranquilo e sem emoção, dada as origens remotas do punk e suas influências a se intitulam e denominam o seu som como “Simplesmente Punk”.

Além, da produção fonográfica, a produção artística contou com o Trabalhos de Fernando Cruz Vulgo “Fantasma Tatoo” Participante ativo dos primórdios do movimento Punk na serra gaúcha   e mais além, Tatuador renomado a mais de 20 anos, musico, artista plástico, é o responsável pela Arte da Próximo CD da Exclusão Social vinte anos ao vivo.

E diga – se de passagem a capa ficou linda, representa a banda como nenhuma outra arte representaria.

DIZEM AS MÁS LINGUAS QUE A BANDA ESTÁ DISPUTANDO QUEM VAI TATUAR A CAPA DO DISCO”

São 13 músicas que compõem o CD todas autorais sendo 1 tributo a banda estômagos vazios na música erros, as todas fazem parte do repertório da banda a 20 anos.

Segue o set List: Um Sorriso nos Lábios, Deportados, Um por Um, Morto-Vivo-Versão, Morto-Vivo-Versão, Progresso, Papai Noel, Falam Tanto de Amor, Bombas Kaos, Policia, Estupidez, Crianças e Erros -Estômagos Vazios.

A distribuição física e digital é por conta da Sub_Discos.

Exclusão Social é Formada por: Dé (bateria e Backing Vocais) Gordo Punk (vocais), Tchaina (baixo), Dadau (guitarra).

Redes sociais: https://www.facebook.com/exclusaosocial/ 

Ouça Exclusão Social:

Spotify: https://spoti.fi/2zjUEYo

Deezer: https://tinyurl.com/yxwdwrr2

Google Play: http://bit.ly/2PaL84D

 

Acessória, Apoio e Suporte: subdiscos@gmail.com

https://subdiscos.blogspot.com.br/ 

Nós da Rede

Anderson Severo

Agitador Cultural em Sub_Discos
Comecei a ouvir Rock N'Roll desde minhas primeiras lembranças conscientes, desde muito cedo. Isso deve ter sido lá por 1985. Começando de cara pela minha primeira lembrança Sonora e Estética é foi e sempre será Raul Seixa, claro que com o amadurecimento e expansão da consciência, as novas lembranças são Ramones, LED Zepellin, The Doors; Conheci também já pré adolescente AC/DC, Legião Urbana, Rolling Stones e Creedence.Ainda adolescente conheci pessoas atuantes na cena local, fui trabalhar como roadie de uma banda chamada orgasmo.
Até que quis montar minha própria banda.
No decorrer da caminhada passei por projetos como:
2000 - Resistência Aflita
2004 - Kaos Eminente
2006 - Estado Crítico
2014 - Insulto Verbal
2015 - Atualmente faço parte dos Projetos
Capa Preta e Exclusão Social.
Atuo promovendo eventos, lançando e distribuindo fonogramas, divulgando bandas eventos. Sou Adepto a filosofia Punk e ouço muito Hard Core, Cólera, Ratos de Porão entre outras.
Avatar
Nós da Rede
Avatar

Anderson Severo

Comecei a ouvir Rock N' Roll desde minhas primeiras lembranças conscientes, desde muito cedo. Isso deve ter sido lá por 1985. Começando de cara pela minha primeira lembrança Sonora e Estética é foi e sempre será Raul Seixa, claro que com o amadurecimento e expansão da consciência, as novas lembranças são Ramones, LED Zepellin, The Doors; Conheci também já pré adolescente AC/DC, Legião Urbana, Rolling Stones e Creedence. Ainda adolescente conheci pessoas atuantes na cena local, fui trabalhar como roadie de uma banda chamada orgasmo. Até que quis montar minha própria banda. No decorrer da caminhada passei por projetos como: 2000 - Resistência Aflita 2004 - Kaos Eminente 2006 - Estado Crítico 2014 - Insulto Verbal 2015 - Atualmente faço parte dos Projetos Capa Preta e Exclusão Social. Atuo promovendo eventos, lançando e distribuindo fonogramas, divulgando bandas eventos. Sou Adepto a filosofia Punk e ouço muito Hard Core, Cólera, Ratos de Porão entre outras.