Especial Maximus Festival: Shinedown | conheça as atrações

O festival que tem tudo para ser incrível está chegando. Com um line-up devastador: Rammstein, Marilyn Manson, Disturbed e Bullet For My Valentine, entre outras. O evento acontecerá no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, no próximo dia 7 de setembro, feriado nacional. Continuando o especial de “conheça as atrações”, o Imprensa do Rock fará algo diferente agora, iremos listar cinco músicas essenciais para se ouvir das atrações, dessa vez com Shinedown.

Confira os especiais anteriores do Maximus Festival.

Nascida na Flórida, nos Estados Unidos, o Shinedown é uma banda que mistura rock alternativo, Post-grunge, Hard Rock e diversos outros estilos, é uma loucura. A banda é formada por Brent Smith (vocal), Zach Myers (guitarra), Eric Bass (baixo e piano) e Barry Kerch (bateria). O quarteto já lançou cinco álbum de estúdio e, atualmente, vem trabalhando na divulgação do poderosíssimo “Threat to Survival” lançado em 2015.

“Cut The World” – Threat to Survival – 2015

Uma das recentes faixas do grupo,”Cut The World” a banda tem uma excelente chance de agradar os fãs mais pessimistas no Maximus Festival que adora certos grupos considerados “clássicos”. A música pode ser ouvida tranquilamente em uma viagem, ou naquela festa promissora com os amigos em alto e bom som cheio de pegada.

“Enemies” – Amaryllis – 2012

Num clima do clipe mostrando a realidade do dia a dia, onde os músicos simulam discussões e pessoas que andam aleatoriamente fotografando, filmando e até rindo dos fatos que muitos não sabem nem se quer o que está acontecendo de verdade, em “Enemies”, o Shinedown mostra sua total habilidade em criar músicas que ficam presa na mente dos fãs para que possam ser cantadas eternamente caminhando pela rua ou mesmo nos shows.

“Bully” – Amaryllis – 2012

“Bully” é mais uma faixa do sensacional, “Amaryllis”, disco que poderíamos citar facilmente todas as faixas sem reclamar. Mas como é um TOP 5, vamos destacar esta que é uma faixa “mais ou menos” do disco. Mesmo tendo um ótimo solo de guitarra e um vocal sem tamanho.

“Sound of Madness” – The Sound of Madness – 2008

Sabe aquela faixa que faz você pular do começo ao fim? É o caso de “Sound of Madness”, rápida e coesa onde os músicos mostram tamanha facilidade e sincronicidade entre eles.

“The Crow & the Butterfly” – The Sound of Madness – 2008

Para finalizar, “The Crow & the Butterfly”, mostra um lado mais calmo e reflexivo da banda. A música possui pegada? Sim, possui, mas é algo que facilita na hora de um descanso durante o show no Maximus Festival – caso for executada – depois de algumas maratonas com as bandas nacionais e algo como Raveneye e Hollywood Undead.

Em resumo, se o ouvinte que for ao Maximus Festival tiver a oportunidade de expandir a mente e ouvir novas atrações além dos já citado headliner e co-headliners, Shinedown tem grande chance de cair no gosto da galera e provar que o Rock/Metal ainda possui grandes bandas pelo mundo.

SERVIÇO – 1º MAXIMUS FESTIVAL EM SÃO PAULO:

Data: 7 de setembro de 2016, quarta-feira
Endereço: Autódromo de Interlagos (Interlagos/Av. Sen. Teotônio Vilela, 261, São Paulo/SP)
Horário: das 12h30 às 23h
Abertura dos portões: 11h
Classificação: 16 anos

Mais informações no: Imprensa do Rock

13263867_1707562249515406_7517765996587650988_n

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos