Eloy Casagrande, Michelle Abu, Nina Pará e Paulo Zinner tocam no Baterias Brasileiras do Sesc Belenzinho

O projeto Baterias Brasileiras dSesc Belenzinho vem, desde o mês de setembro, apresentando um panorama da evolução da bateria no Brasil por meio da reunião de importantes instrumentistas, nomes de expressão nacional e internacional.

Encerrando a programação, em dezembro, o Baterias Brasileiras recebe os instrumentistas Nina Pará, na Série Rock, ePaulo Zinner, na Série Hard Rock, que tocam no dia 01/12. Já os bateristas Michelle Abu e Eloy Casagrande, na Série Metal, assumem o palco da Comedoria no dia 08/12. Cada artista mostra sua performance em show individual e, nas duas datas, as apresentações começam às 21h30.

Completando as atividades do mês, Eloy Casagrande comanda, dia 05/12, o workshop Machine Messiah; e um bate-papo com participação dos quatro bateristas convidados – Nina Pará, Paulo Zinner, Michele Abu e Eloy Casagrande – ocorre no dia 06/12, com mediação do crítico musical e jornalista Régis Tadeu. Os dois eventos são grátis e acontecem das 20h às 22h.

Programação / Dezembro

Baterias Brasileiras – Um panorama da evolução da bateria brasileira.

·         01 de dezembro. Sábado, às 21h30

Show: Nina Pará e Paulo Zinner 
Série Metal
Local: Comedoria (500 lugares)
Não recomendado para menores de 18. Duração: 1h30.
Ingressos: R$ 20,00 (inteira). R$ 10,00 (meia). R$ 6,00 (Credencial Plena).
Limite de venda de 4 ingressos por pessoa

 

Nina Pará é natural de SP, e transita entre os gêneros como rock, blues, heavy metal e rock progressivo, porém a música brasileira também está em seu repertório. Integrou diversos projetos e bandas como Crats, Illustria, Kavla, Lacme, Kriptonita e Punkake. Atualmente, faz parte das bandas Ronaldo e os Impedidos, Lebrainz, Suck My Magic. Em dezembro de 2014, lançou seu primeiro disco solo, Heartbeat, com sete faixas instrumentais, que será apresentado neste show.

 


Paulo Zinner é baterista, produtor musical e conhecido por ser um dos fundadores da banda de hard rock paulista Golpe de Estado. É cofundador do power trio de blues Fickle Pickle, uma das pioneiras do estilo no Brasil, além de ser reconhecido pelo trabalho ao lado de Rita Lee e Roberto de Carvalho, por mais de uma década. Nesta apresentação, Zinner vem acompanhado por sua Rockestra para mostrar sons que influenciaram sua carreira, com repertório que passa pelas bandas de classic rock como Deep Purple, Alice Cooper, Black Sabath e Beatles, além de músicas próprias e canções de suas ex-bandas.

·         05 de dezembro. Quarta, das 20h às 22h

Workshop: Eloy Casagrande – Machine Messiah
Série Metal
Local: Sala de Espetáculos 2.
Grátis. Não recomendado para menores de 12.

O workshop de Eloy Casagrande parte da apresentação do trabalho do baterista, sendo baseado no último disco da banda Sepultura,Machine Messiah. O músico demonstração alguns temas de estudos experimentais de bateria, passando por técnicas e escolha de repertório. Eloy também fala sobre suas experiências de vida como baterista e sobre gerenciamento de carreira.

·         06 de dezembro. Quinta, das 20h às 22h

Bate-papo: Nina Pará, Paulo Zinner, Michele Abu e Eloy Casagrande
Séries Rock, Hard Rock e Metal
Mediação: Régis Tadeu
Local: Sala de Espetáculos 2
Grátis. Não recomendado para menores de 12.

Fotos: divulgação / Titta

Esta atividade do projeto Baterias Brasileiras discute de forma informal com o público as experiências profissionais de cada instrumentista. Entre os assuntos abordados, destaque para o mercado musical e os aspectos técnicos que são importantes para o desenvolvimento dos bateristas, além de apresentação do repertório técnico de cada convidado. Régis Tadeu – crítico musical, jornalista e apresentador de programas de rádio – faz o mediação do encontro.

·         08 de dezembro. Sábado, às 21h30

Show: Michelle Abu e Eloy Casagrande
Série Metal
Local: Comedoria (500 lugares)
Não recomendado para menores de 18. Duração: 1h30.
Ingressos: R$ 20,00 (inteira). R$ 10,00 (meia). R$ 6,00 (Credencial Plena).
Limite de venda de 4 ingressos por pessoa


Fotos: Dede Moreira / Gal Oppido

Michelle Abu é baiana de nascimento. Seu jeito de tocar é conhecido pelo público e reconhecido pelos colegas músicos, bem como sua performance como band leader, cantora, compositora e guitarrista. No Sesc Belenzinho, a baterista mostra um espetáculo instrumental, cuja performance traz um set de percussão, bateria e samples, somados a baixo moog, guitarra, violões e bases eletrônicas. Michelle apresenta grooves pesados de rock, mesclando pitadas de ritmos brasileiros.

 

Eloy Casagrande é integrante da banda de metal Sepultura, criada em 1984, na qual ingressou com apenas 20 anos, mas, aos 13, ele já era vencedor do Batuka International Drummer Fest, promovido pela baterista Vera Figueiredo. Logo após, ele ganhou o concurso Modern Drummer’s Undiscovered Drummer Contest 2005, em New Jersey. Com influências de bateristas como Aquiles Priester, Mike Terrana, Tommy Aldridge, Deen Castronovo, Dennis Chambers e Vinnie Colaiuta, Eloy Casagrande apresenta repertório autoral de temas instrumentais de metal pesado.

Serviço
Sesc Belenzinho
Endereço: Rua Padre Adelino, 1000
Belenzinho – São Paulo (SP). Telefone: (11) 2076-9700
www.sescsp.org.br/belenzinho
Estacionamento: Para espetáculos com venda de ingressos após as 17h: R$ 15,00 (não matriculado); R$ 7,50 (credencial plena no SESC – trabalhador no comércio de bens, serviços e turismo/ usuário).