Debut da banda Kosmus: uma fórmula complexa

rp_Kosmus.jpg

 

Tendo como referências alguns dos principais nomes do Rock Progressivo mundial, a banda KOSMUS nos apresenta neste autointitulado debut, uma fórmula complexa, viajante e que tem como compromisso central a fuga de toda e qualquer estética pré estabelecida.

Contendo doses homeopáticas de peso, muita melodia e climas psicodélicos, o KOSMUS se aventura por caminhos bem difíceis de se percorrer, mas conseguem se sair muito bem, ainda que, para alguns, a sua musicalidade soe autoindulgente. Mas não se engane, porque meio que soe paradoxal, este disco não é apenas indicado para músicos, e sim, para amantes de música como um todo, principalmente pelas inserções de Jazz e, até certa formaFusion, o que deixa tudo aqui mais palatável, como podemos ver com nitidez na ótima“Chaos Surrounding My Soul”.

Prefiro não citar mais destaques, pois o disco é bem homogêneo em qualidade, então, como as melhores obras do Yes pedem: ouça tudo e na íntegra, para sentir a viagem promovida pelo KOSMUS.


Por Rogério Rezende

Nota: 08.0/10.0