Cosmic Rover: vídeo de ‘Catch Me’ traz referências a histórias em quadrinhos

Segundo vídeo extraído do álbum “HEAVY” traz animações feitas pelo baterista e vocalista Edson Graseffi e edição do videomaker Guto Portugal | Foto: Guto Portugal

Após soltar o lyric video de “Dreams”, o power trio paulistano Cosmic Rover, formado por Edson Graseffi (vocal e bateria, Motorhammer e ex-Panzer), Xande Saraiva (guitarra, Baranga) e Rodrigo Felix (baixo), apresenta o clipe de “Catch Me“. Trata-se do segundo de uma série de três vídeos produzidos pelo videomaker Guto Portugal que o trio preparou para seguir promovendo o álbum “HEAVY”, lançado no final do ano passado. O vídeo traz referências a histórias em quadrinhos, uma característica do Cosmic Rover, que apresentou esse temática no álbum ‘Spitting Fire’ (2019) em algumas faixas.

Confira o vídeo de “Catch Me”, editado por Guto Portugal, em https://youtu.be/FgdPlhROrtw

O clipe traz animações feitas por Graseffi: “No final de 2018, produzi essas animações para iniciar o que seria um vídeo para o primeiro álbum. Porém, acabei abandonando o projeto por falta de tempo. Então, quando comecei a discutir sobre o vídeo de ‘Catch Me’ com Guto Portugal, lembrei que tinha esses arquivos guardados e eles se encaixaram perfeitamente na temática da letra. Assim, somado ao trabalho incrível de edição do Guto, nasceu o clipe”.

A história do clipe se passa no futuro, onde o personagem X é condenado à prisão perpétua por correr com seu Muscle Car, um Maverick. “Para se livrar da pena, X precisa vencer uma corrida com o super piloto Hawk. Além disso, em ‘Catch Me’ também foram aproveitadas cenas da sessão da gravação do novo álbum”, complementa Edson Graseffi.

O álbum “HEAVY”, produzido pelo experiente Henrique Baboom Canale e que está disponível em todas as plataformas de streaming pelo selo Abraxas, traz sete faixas gravadas à moda antiga. A arte de capa foi criada por Graseffi que, além de músico, também é ilustrador e tatuador. “Ela foi concebida usando arte digital baseada em referências de artistas da Kustom Kulture dos anos 70”, explica o vocalista e baterista.

Sobre a sonoridade de “HEAVY”, o guitarrista Xande Saraiva, que faz sua estreia com o Cosmic Rover, explica: “O segredo é a liberdade de composição, sem pensar em estilos ou regras para serem seguidos. De fato, apenas fazemos o que mais curtimos fazer, que é tocar rock pesado! As influências das músicas do repertório percorrem bandas das décadas de 70, 80 e 90, ou seja, tudo o que ouvimos e de onde veio a nossa bagagem musical”.

Cosmic Rover:
Edson Graseffi (vocal e bateria)
Xande Saraiva (guitarra)
Rodrigo Felix (baixo)

Discografia:
“Cosmic Rover” (EP, 2018)
“Cosmic Sessions…” (Ao vivo, 2018)
“Spitting Fire” (CD, 2019)
“HEAVY” (CD, 2021)

Confira “HEAVY” nas plataformas de streaming em https://onerpm.link/CosmicRover_Heavy

Contatos:
Instagram: @cosmicrover
Facebook: facebook.com/cosmicrovermusic/
BandCamp: https://cosmicrover.bandcamp.com/releases
YouTube: https://tinyurl.com/syaxrsnr

E-mail: cosmicrover.band@gmail.com

 

Ricardo Batalha

Ricardo Batalha

RICARDO BATALHA tem uma trajetória que se confunde com a própria história do heavy metal no Brasil. Trabalha na revista Roadie Crew desde 1996 e é um dos diretores da ASE Press – Assessoria e Consultoria.