CD Resenha: Hellish War – Keep it Hellish (2013)

O HELLISH WAR lança no ano de 2013 o seu terceiro álbum de estúdio intitulado “Keep It Hellish”. O sucessor do aclamado “Live In Germany” tem uma pegada bastante intensa e cavalgadas que vão fazer qualquer cabeludo que se acha “o Headbanger” balançar o couro até ficar com torcicolo por uma semana.

O álbum consegue ser facilmente decorado de ponta a ponta, caso você seja aquele fã que adora cantar todas as músicas durante o show inteiro. Um exemplo é a faixa de abertura e também faixa título do disco “Keep It Hellish”, que tem um refrão que da uma tremenda sede de entrar no primeiro “mosh” que você vê pela frente. Segue exemplo: “Hellish We Keep – Keep it Hellish” repita isso por duas vezes e pronto! Você já esta aquecido para todos os bate cabeças que virão a seguir pelo show.

Claro, isso não passa de uma brincadeira, outra música que chama bastante atenção é a “Reflects on the Blade” que começa com um ótimo solo de bateria comandado pelo Daniel Person.

Uma música que achei bastante agradável aos ouvidos e que pode ser ouvida várias vezes que com certeza não trará aquele clássico “enjoamento”, é a faixa seguinte “Fire and Killing”, essa que destaca outro ótimo refrão: “Fire and Killing (4x) – Let there be (2x) e finalizando com “let there be: fire and killing!”

Da pra perceber que eu ligo bastante pra riffs e refrão. É uma coisa que acho particularmente fantástica, você indo trabalhar de social ou com uma roupa comum e simplesmente começa a cantarolar uma canção de Heavy Metal ao quais aqueles que estão ao seu lado no meio da rua te olham torto e no final acaba até ficando engraçado com uma “air guitar” pra finalizar!

Por final, aqueles que conseguiram por uma primeira audição o meu destaque, foram “Keep it hellish”, “Reflects on the Blade”, “Fire and Killing” e a faixa instrumental “Battle at Sea”. Talvez escutando novamente duas ou três vezes o álbum na íntegra ache mais alguma preferida.

Conclusão, não tem o que colocar defeito nesse maravilhoso álbum. Um marco e tanto para a entrada do novo vocalista Bil Martins estreando com grande competência em “Keep it Hellish”. Voz marcante, solo de bateria vibrante, riffs e solos de guitarras alucinantes e faixa instrumental de enlouquecer qualquer um. Longa vida ao HELLISH WAR ou melhor: KEEP IT HELLISH!!!

Nota: 10

Line-up para o CD:

  • Bil Martins – Vocal
  • Vulcano – Guitarra
  • Daniel Job – Guitarra
  • JR – Baixo
  • Daniel Person – Bateria

KEEP IT HELLISH

  1. Keep it hellish
  2. The Challenge
  3. Reflects On the Blade
  4. Fire and Killing
  5. Masters Of Wreckage
  6. Battle at Sea [instrumental]
  7. Phantom Ship
  8. Scars (Undermath Your Skin)
  9. Darkness Ride
  10. The Guest

Victor Santos

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos