Banda Chapéu de Cobra disponibiliza a faixa “No Gargalo” nos streamings

No Gargalo acabou saindo como faixa bônus na segunda edição do disco Chapéu de Cobra.

O Ano era 2003 e depois de lançar o seu primeiro disco, o homônimo Chapéu de Cobra, e trabalha – lo intensamente na metade sul do estado do Rio Grande do Sul a Chapéu de Cobra tem a faixa Debaixo do Sol incluída na  programação da Atlântida FM a principal rádio do estado e de diversas outras rádios da região sul, além, participar do programa Povo Gaúcho na TVE, a banda estava em uma temporada na cidade de Porto Alegre. Entre novas participações em programas de TV e programas de rádio, incluindo aqui uma incrível tarde de sábado no programa Caixa Acústica da Ipanema FM, surge a necessidade de editar o disco de novo já que a primeira edição estava esgotada. Nesse mesmo momento a banda decide  inscrever – se num concurso de bandas de uma rádio da cidade e para isso deveria gravar duas músicas, uma autoral e um cover.

Numa época em que os recursos estavam escassos para a banda ela conta com uma pequena ajuda de um amigo para entrar no estúdio Underground, e contando apenas com meia hora pra fazer o trabalho a banda grava ao vivo, mixa e masteriza as canções Vicio, cover da banda argentina Ratones Paranoicos, e a então inédita, No Gargalo. A inscrição no concurso não rendeu muita coisa.

OUÇA AGORA  NO GARGALO:

E No Gargalo acabou saindo como faixa bônus na segunda edição do disco Chapéu de Cobra. E é o lançamento dessa faixa que a banda prepara para fevereiro de 2022, encerrando com esse lançamento o ciclo de resgate da sua discografia, ficando com ela completa em todas as plataformas de streamings. O lançamento de No Gargalo prepara o caminho para o lançamento de Blues Azedo, terceiro single do próximo disco da banda, em março.
E Lançou dois discos “Chapéu de Cobra” lançado em janeiro de 2001 e relançado em maio de 2003 com o acréscimo de duas músicas gravadas ao vivo.
E “Lua Interiorana” gravado ao vivo no Hermena e lançado em junho de 2016. E participou de duas coletâneas.
Turbo Rock / RS lançada, em 2010, pela revista paulista A Chave do som e a coletânea Bandito Dios lançada, em 2015, pelo Coletivo Outro Sul divulgando a cena autoral da região sul do estado do Rio Grande do sul.
 O terceiro disco, que será lançado em 2021, já tem três singles lançados Horizontes, Blues Azedo e Pela última vez.
Nós da Rede

Anderson Severo

Atua como baixista das bandas: Capa Preta Rock, Exclusão Social e Ligante Anfetamínico. Fundou o Selo Sub_Discos. Comunicador em Radio Putzgrila. www.radioputzgrila.com.br