Arnaldo Antunes @ Sesc Belenzinho – São Paulo/SP (06/01/2018)

Com o lançamento do seu mais novo DVD gravado em Lisboa, ARNALDO ANTUNES, novamente, veio para São Paulo para a realização de dois shows no Sesc Belenzinho. Ano passado, ARNALDO ANTUNES, fez essa mesma turnê em São Paulo no Sesc Pompeia com a realização de quatro shows. A receptividade dos shows foram tão boas, tão prestigiadas e tão aclamadas, que ele resolveu retornar para São Paulo e se apresentar mais duas vezes para promover esse DVD e como sempre, cativar os fãs.

Já digo que o show dele do ano passado, foi um dos melhores shows do ano. Sério, ter presenciado o show do ARNALDO, com um repertório fantástico e executado perfeitamente por ele e pela banda acompanhada, foi algo impecável. Simplesmente isso.

Então, por ter feito um extraordinário show em 2017, por ser um grande admirador do ARNALDO como músico e compositor e pelo “Ao Vivo em Lisboa” ser fantástico, eu tive novamente o privilégio de presenciar esse show realizado no Sesc Belenzinho.

Basicamente, quase o mesmo repertório em relação ao show do Sesc Pompeia, com alterações em duas músicas. E com a mesma perfeição nas realizações de cada composição executada. O ARNALDO com seu carisma e com uma voz que permanece intacta e perfeita, nos alegrou bastante pela sua dedicação em agradar aos fãs. Vale destacar, a banda acompanhada por ele. Músicos muito talentosos que se dedicaram do começo ao fim. Cada música tocada, mostraram suas grandes capacidades como excelentes músicos, onde merecem um total respeito por todos.

Iniciando a apresentação com a divertida “Põe Fé Que Já É”, o ARNALDO já se mostrou bem empolgado e feliz, fazendo algumas pequenas danças, cantando de forma perfeita e alegrando o público presente. Em seguida, ele disse, “Boa noite Sesc Belenzinho, espero que vocês se divirtam, a casa é de vocês”, logo, o público vibrou e já saberíamos que a próxima seria “A Casa é Sua”. Uma das músicas de maior sucesso da carreira solo dele e com o público vibrante e cantando os refrões, já foi um ótimo começo de show.

As excelentes “Trato” e “Atenção”, vieram na sequência, para depois executarem as lindas “Se Você Nadar” e “As Estrelas Cadentes”. “Óbitos”, “Fim do Dia” e a linda canção “Meu Coração”, onde o público cantou alguns trechos e os refrões dela, deram continuidade no show. “Vilarejo”, outra música de grande sucesso da carreira dele, veio na sequência. Talvez, uma das melhores canções executadas da noite. Uma composição grandiosa, linda, atraente, elegante e muito envolvente. “Que Me Continua”, foi a próxima, outra canção extremamente bonita e assim como as outras, possui um lindo refrão marcante.

“Azul Vazio” e “Saudade Farta”, duas canções bem calmas e lentas, foram as próximas. Depois, o ARNALDO disse, “Vamos fazer um do nosso Iê Iê Iê” e veio “Invejoso”, onde na própria canção, o ARNALDO apresentou o guitarrista Chico Salem, onde fez um excelente solo de guitarra. E apresentou também o André Lima, onde finalizou a canção com lindas notas no teclado. Em seguida, veio “Consumado” e talvez, o momento mais vibrante dos fãs, onde o ARNALDO desceu do palco e foi em direção a pista para ficar com os fãs e cantar a música. Um momento muito prazeroso pelos fãs e pelo próprio ARNALDO.

A ótima “Naturalmente, Naturalmente” e as divertidas “Ela É Tarja Preta” e “Essa Mulher”, prosseguiram com o espetáculo, que estava cada vez mais divertido e cada vez melhor, devido a perfeição das composições executadas. O ARNALDO com sua extraordinária voz, estava cativando cada vez mais o público. “Velha Infância”, música do seu grupo Tribalistas, veio em seguida. Composição maravilhosa e marcante, que fica entre as melhores da noite. “Muito Muito Pouco”, foi a próxima e depois, emendaram duas músicas: “Cachimbo” e a clássica do Titãs “Porrada”. Duas composições com uma sonoridade pesada. A ótima “Inclassificáveis”, veio em seguida, onde no meio da música, o ARNALDO apresentou os integrantes da banda que fizeram ótimos trabalhos na canção e fizeram ótimos trabalhos no show todo. Integrantes muito talentosos e respeitados.

Chegando na vez do “bis”, o público pediu a música “Socorro” e quando o ARNALDO e a banda voltaram, executaram justamente essa linda canção. Uma composição fascinante onde o público cantou a música numa potência elevada, formando um couro formidável. “Passe em Casa” veio na mesma empolgação, canção bem divertida e com todos cantando os refrões dela. Logo em seguida, o ARNALDO agradeceu ao público e disse: “Para a gente se despedir, vamos fazer uma homenagem a passagem da vida pelo dia de hoje” e foi executada a divertida “Envelhecer”.

Com aproximadamente uma hora e quarenta minutos de show, ARNALDO ANTUNES fez o que todos esperavam que seria feito, ou seja, um lindo espetáculo sensacional, que valeu cada segundo de sua performance em palco. Extremamente prazeroso, agradou os fãs da melhor maneira possível, fazendo com que eles se divertissem a cada instante. Aguardaremos, novamente, mais e mais retornos do ARNALDO ANTUNES à São Paulo.

Setlist:

1. Põe Fé Que Já É
2. A Casa é Sua
3. Trato
4. Atenção
5. Se Você Nadar
6. As Estrelas Cadentes
7. Óbitos
8. Fim do Dia
9. Meu Coração
10. Vilarejo
11. Que Me Continua
12. Azul Vazio
13. Saudade Farta
14. Invejoso
15. Consumado
16. Naturalmente, Naturalmente
17. Ela É Tarja Preta
18. Essa Mulher
19. Velha Infância
20. Muito Muito Pouco
21. Cachimbo/Porrada
22. Inclassificáveis

Bis:

23. Socorro
24. Passe em Casa
25. Envelhecer

Line-up:

Arnaldo Antunes – Vocais
André Lima – Teclados, Sanfona e Vocais
Betão Aguiar – Baixo e Vocais
Chico Salem – Guitarra, Violão e Vocais
Curumin – Bateria e Vocais

Fotos: Leandro Almeida

Giancarlo Rossi

Giancarlo Rossi

Redator em Imprensa do Rock
Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. Adora Cinema. E é maníaco por WWE.
Giancarlo Rossi

Giancarlo Rossi

Cursando Rádio e TV. Escuta todas as vertentes do Rock e do Metal. Adora Cinema. E é maníaco por WWE.