Ao som de Queen, filme do Itaú para o Rock in Rio mostra como a música aproxima as diferenças

Seguindo o conceito ‘Quem Busca as diferenças se encontra’, filme foi criado pela Africa e tem como trilha ‘’Somebody to Love’

Em um mundo no qual as pessoas muitas vezes se mantêm dentro de suas bolhas, o Itaú Unibanco convida a todos a pregar a tolerância, o diálogo e buscar as diferenças por meio do filme “Notas”, um dos destaques da campanha do banco para o Rock in Rio 2019. Patrocinador master do festival, o banco usa uma canção poderosa para compor a peça, que se apoia no poder da música como forma de transformação e na crença de que estar aberto para o que é diverso pode gerar surpresas positivas e enriquecer relações.

Para embalar e espalhar essa busca pelas diferenças, uma trilha sonora muito especial: “Somebody To Love”, da banda britânica QUEEN. Eternizada na voz de Freddie Mercury, a canção ganhou uma versão especial para o Itaú. A peça é a materialização do conceito “Quem busca as diferenças se encontra” – que guia todas as ações do banco no Rock in Rio.

Criado pela agência Africa, o filme mostra pessoas de várias idades, origens e estilos – que talvez nunca se relacionariam – se abrindo para o novo e se surpreendendo com esses encontros. A música entra como uma ferramenta que impulsiona as conexões humanas a acontecerem, contagiando os demais a também se abrirem para as diferenças e experimentarem algo diferente.

“Acreditamos que a música tem o poder de aproximar as pessoas. Na campanha deste ano, queremos fazer um convite para que as pessoas busquem as diferenças umas nas outras, celebrando o efeito transformador destes encontros. Em um momento tão polarizado, acreditamos que essa mensagem tem muito poder. Quando as pessoas se abrem para o diálogo, rompem suas bolhas e buscam o diferente, a música acontece”, explica Eduardo Tracanella, diretor de Marketing do Itaú Unibanco.

Gravado em São Paulo e Santos, com a produtora Iconoclast e direção de Ian Rushel, o filme transmite a mensagem de que a música pode ser uma ferramenta muito eficaz para transformar a vida das pessoas, ao fazer com que elas estejam abertas para o diferente, independente da origem, gênero, idade, religião e opiniões. A produção estreia nesta quinta-feira (12) e será exibida em TV aberta, Pay TV e nas redes sociais do Itaú.

Para Sophie Schonburg, ECD da agência Africa, o conceito do filme reflete sobre o contexto atual das relações humanas. “Estamos vivendo um momento paradoxal: por mais que as pessoas estejam cada vez mais fechadas em suas convicções, existe nelas também uma urgência para saírem de suas bolhas. Elas não aguentam mais o isolamento que se auto impuseram. A música pode ser a ferramenta que estávamos todos precisando para nos reencontrarmos.”

Arranjos especiais

A versão exclusiva de “Somebody to Love” que embala a campanha foi definida após uma grande pesquisa de campo e a criação de sete arranjos diferentes, na busca da melhor fórmula para se adequar à história contada. O maior desafio foi encontrar uma personalidade forte, respeitando o sentimento e as nuances da canção original.

A música foi gravada nos estúdios da produtora Antfood em São Paulo e em Nova York, com uma intérprete escolhida após um casting nos Estados Unidos e na Europa. Os arranjos contam com instrumentação clássica de banda de rock (com guitarra, baixo, bateria, percussões, piano, teclados e sintetizadores analógicos), somada a um quarteto de cordas, naipe de sopros e um coro misto.

A canção começa bastante intimista, com voz baixa acompanhada de poucas notas de guitarra. As camadas de sons musicais de diferentes instrumentos vão sendo adicionadas aos poucos, acompanhando a narrativa do filme. Nas cenas com mais abraços, por exemplo, foram incluídas gravações de palmas e percussões com os pés de 10 pessoas ao mesmo tempo, gravadas no estúdio principal da Antfood. Em outro momento, um coro – também gravado no estúdio de SP e em Nova York – torna a música mais grandiosa e preenchida.

A finalização, entretanto, segue o arranjo original – com uma citação da clássica frase de piano que Freddie Mercury tocava na versão original.

Itaú no Rock in Rio

O filme “Notas” faz parte de uma série de ações, online e offline, que estão dentro da campanha do Itaú para o Rock in Rio 2019. Nas redes sociais do banco, começamos a conversa com a série “Eu busco as diferenças”, que conta em três mini documentários as histórias de pessoas que, usando a música, viram nas diferenças e adversidades uma forma de se encontrarem.

Em aquecimento para os colaboradores, o banco também preparou shows surpresas em seus prédios empresariais em São Paulo, e o conteúdo também foi compartilhado nas redes sociais. Mahmundi, Luedji Luna, Giovani Cidreira e Giulia Be foram as atrações. Outras ações ainda estão previstas antes e durante o festival.

Quem quiser compartilhar suas experiências no Rock in Rio – e também fora dele – mostrando que as diferenças podem ser inspiradoras, pode utilizar a hashtag #BusqueAsDiferenças, que vai nortear toda a campanha do banco para o festival.

O Itaú é patrocinador master do Rock in Rio em 2019 pela quinta edição consecutiva. O festival será realizado nos dias 27, 28 e 29 de setembro, 3, 4, 5 e 6 de outubro, no Rio de Janeiro (RJ).

Assim como nos demais anos, o Itaú terá uma série de ativações na Cidade do Rock, incluindo uma arena própria com atrações musicais e outras surpresas para o público – sempre incentivando a busca pelas diferenças e a valorização da diversidade.

Leca Suzuki

Bacharel em Rádio/ TV. Amante da fotografia e da boa música.
"A música é o verbo do futuro." (Victor Hugo)
Leca Suzuki
Avatar

Leca Suzuki

Bacharel em Rádio/ TV. Amante da fotografia e da boa música. "A música é o verbo do futuro." (Victor Hugo)