Anthrax: Joey Belladonna fala sobre novo disco ‘For All Kings’

joeybelladonnaitn2016_638

joeybelladonnaitn2016_638William Parks da Revista ITN recentemente conduziu uma entrevista com o vocalista do Anthrax, Joey Belladonna. Confira trechos, e vídeo abaixo.

Sobre o processo de composição para o novo disco do Anthrax “For All Kings”

Belladonna: “Eu meio que chego no final. Sempre venho no final. Eu nem sequer participo da pré-produção; não escuto as músicas até que elas estejam prontas, para ser honesto com você. É dessa maneira que fazemos isso. Quer dizer, eu literalmente escuto o material prévio antes de ir [colocar os vocais], mas realmente nunca tenho tido chance de tocar ele um pouco, mas é o que eu faço em casa. Se eu fosse deixá-lo ouvir o que eu fiz em casa e permitir que você ouça quando eu terminar, tem um momento ou dois, mas, na verdade, no final, eu entro… nós imprimimos as letras, quando, finalmente, elas são escritas… porque eu vou começar tocando a canção deles – só música – e muitas vezes nem mesmo finalizadas, apenas algumas ideias gerais. E eu só tipo, agilizo tudo, só para ficar ciente e ter um fluxo de o que está sendo feito. Quando eu começo, só levo uma folha com algumas palavras para ter uma pequena ideia de onde vêm e como colocá-las sobre a mesa. E então eu estou lá. Eu e [produtor] Jay Ruston, nós tiramos o ‘traseiro da cadeira’. Jay estava lá ajudando eles no início; tanto que ele produziu e mixou o último álbum. Neste, ele está desde o início. E eu tenho certeza que eles vão, ‘Vamos mudar uma parte, vamos fazer uma coisa diferente.’ Você sabe, com algum tipo de ideia. Eu não estava lá, mas eu presumo que ele iria intervir. Com eu e ele, vamos fazer isso durante todo o dia, em um único dia, nós terminamos a música praticamente em um dia e ela está pronta. Nenhum de nós tem alguma ideia de como ela vai soar. E nem a banda. Então, a banda recebe-a, e são, tipo, ‘Uau!’ Nós apenas enviamos um e-mail, e se eles gostam, eu vou para a próxima canção. E isso é basicamente o que é.”

Questionado sobre como fazer diferentes álbuns hoje, é a partir da forma de como foi nos primeiros dias desde seu tempo com o Anthrax:

Belladonna: “Bem, para mim, é muito mais fácil, porque eu começo a fazer isso sozinho. Eu consigo fazer as minhas coisas. Eu, basicamente, vou lá e apenas deixar isso acontecer sem que ninguém mesmo possa interferir no seu caminho… quero dizer, Jay, sim, com certeza, [ele vai], ‘isso foi muito bom. Tente isso de novo’. Ou, ‘Eu adorei essa ideia. Faça isso de novo. Isso é ótimo’. [Enquanto no passado] você tinha outras pessoas, que como todo mundo queriam colocar suas ideias lá, por qualquer motivo. E eu sou muito melhor [agora] de qualquer forma [do que eu era], então eu me sinto muito mais confiante em como fazer o que eu faço com a banda, e eu realmente não penso muito sobre isso. Antes era muito difícil, porque eu nem sequer sabia realmente o que eu ia fazer e como seria feito. Nós costumávamos passar horas e horas; era tão difícil. Eu seguia o compasso, literalmente. Porque é diferente, nem sequer é realmente algo que você pode explicar como cantar é. Não é fácil de cantar sobre isso, porque é tão rápido e a afinação ainda não está no lugar Então você tem que seguir todas essas coisas, e estou tentando fazer alguma coisa se encaixar, como uma melodia-sensata. Estou sempre tentando colocar um gancho entre as coisas. Agora eu tenho muito mais chance de fazer isso; sinto que ele soa bem e está ainda melhor, e também não é tanto ideal. Este álbum, de qualquer forma, não de fazer. Fizemos rápido, mas não foi assim tão fácil.”

Falando sobre como surgiu o título do novo álbum: “For All Kings”

Belladonna: “Isso é tudo do Scott [Ian, guitarrista]; ele chegou com isso. Eu não chego com nada a respeito. Há muitas coisas que surgem nestes álbuns que realmente eu nunca tive a chance de intervir igualmente… mesmo. Eu nem sabia qual a ordem corrente [das canções]; que é diferente de quando elas são trabalhadas. Há pessoas… todo mundo está fazendo alguma coisa que alguém poderá não ter a chance de participar. Digo, eu nunca vejo as capas dos discos quando elas chegam. Talvez isso tudo é muita informação, mas essa é a maneira que fazemos. É diferente, sabe. São muitas bandas, alguém pode estar fazendo assim também.”

“For All Kings” será lançado em 26 de fevereiro via Nuclear Blast na Europa e Megaforce nos EUA.

Fonte: Blabbermouth
Tradução: Sara Ferrer
Edição: Victor Santos

Victor Santos

Victor Santos

Editor-Chefe em Imprensa do Rock
Victor Santos é editor-chefe do Imprensa do Rock e Diretor Geral do Programa Unimetal. Desde 2011, vem trazendo conteúdo de qualidade para os amantes da música e do cinema.
Victor Santos