AMORPHIS – revela o título do álbum + capa + data de lançamento!

O AMORPHIS finalmente terminou de gravar o próximo álbum de estúdio, intitulado “Queen Of Time”!

O lançamento oficial está programado para 18 de maio, via Nuclear Blast.

Em comparação com o antecessor, “Under The Red Cloud” (2015), o álbum incluirá o uso de cordas reais, flautas, arranjos orquestrais e até mesmo coros! Além disso, esta será a primeira vez que as pessoas poderão ouvir seu letrista Pekka Kainulainen no álbum, pois ele contribui para um discurso em finlandês.

Hoje, a banda apresenta mais detalhes sobre a produção, o título do álbum, a capa do álbum e sobre o trabalho com o seu novo / antigo baixista Olli-Pekka Laine.

O álbum foi mais uma vez produzido pelo famoso Jens Bogren (OPETH, AMON AMARTH, KREATOR e muitos outros), que é conhecido por desafiar e motivar os artistas durante o processo de gravação. Ele não tem medo de empurrá-los para seus limites!

Esa comenta: “Acho que “Queen Of Time” acabou por ser uma enorme surpresa para todos nós. Durante o ensaio e a pré-produção, não tinhamos a menor ideia de que Jens tivesse essa imagem enorme dentro de sua cabeça sobre a obra. É uma continuação muito natural do “Under The Red Cloud”, mas com esteróides!!!  As músicas são mais agressivas, mas há mais dinâmicas, harmonias e arranjos orquestrais presentes. O resultado é AMORPHIS como algo que nunca se ouviu antes! Essencialmente, trabalhar com Jens funcionou muito bem. Como pessoa, ele é muito semelhante a nós – compartilhamos o mesmo tipo de humor estranho e todos gostamos de trabalhar duro “.

A obra de arte da capa, que foi criada mais uma vez pelo artista francês Jean “Valnoir” Simoulin de Metastazis, capta o sentimento das letras e da música. Com as letras de Pekka Kainulainen, o tema é universal: “As culturas se elevam, prosperam e são destruídas. A história do homem é a história de procurar, encontrar e esquecer. Uma única faísca pode incendiar o mundo, uma única ideia pode dar origem a uma nova cultura. O maior pode estagnar em insignificância, o menor pode conter o poder de mudança. As letras deste álbum são ecos distantes de povos da floresta antiga, desde um momento em que o significado foi proporcionado pelas forças cósmicas que governam o nascimento e a morte. Se a conexão se perdeu, eles procuraram uma vertente de conhecimento, encontraram uma nova direção e uma nova era começou “.

»Queen Of Time« será também o primeiro álbum com o seu antigo baixista Olli-Pekka Oppu ‘Laine após a partida de Niclas Etelävuori em 2017. Oppu foi um dos membros fundadores em 1990 e gravou os primeiros sete discos com AMORPHIS (»O istmo careliano« LP, 1992; »Privilege Of Evil« EP, 1993; »Tales From the Thousand Lakes« LP, 1994; »Dia de inverno preto« EP, 1995; »Elegy« LP, 1996; »My Kantele «EP, 1997 e a» Tuonela «LP, 1999) antes de se separar da banda na primavera de 2000.

“Para ser sincero, ‘Oppu’ foi o único cara que poderíamos imaginar em AMORPHIS. Foi divertido – quando começamos a tocar os nossos primeiros shows juntos novamente no verão passado, nos sentimos em família. Ele estava envolvido com a organização das músicas e também trouxe algumas músicas novas para a mesa … muito boas também! ” diz Esa.

E Oppu acrescenta: “Mesmo que o ano passado com a AMORPHIS tenha sido emocionante, nostálgico e divertido, também foi realmente confortável estar com os caras novamente. Como expressão clichê, foi como retornar para casa de uma odisseia longa. Depois de dezoito anos , parece que estamos ainda nos bons e velhos dias! Estou realmente ansioso para a próxima turnê. O novo álbum em si é um pacote realmente forte, o único difícil será escolher quais músicas para tocar ao vivo! É seguro dizer que estamos preparados uma bela tour. Depois disso, estou prevendo uma longa e frutífera carreira para a banda em sua forma atual … “

A banda em breve lançará pré-pedidos para “Queen Of Time” e liberará seu primeiro single, então fique atento!