2º Dia de Blues Festival: confira como foi em SP: Ari, Jimmie Vaughan e Benson

A segunda noite do Blues Festival, em São Paulo, no HSBC Brasil que reuniu mais três atrações e tendo novamente George Benson como headliner e anteriormente Jimmie Vaughan and the Tilta-whirl Band e Ari Borger de atrações inéditas.

A noite ‘frienta’ não desanimou o público refinado que compareceu em peso para curtir mais Blues nacional e internacional. A primeira atração, abrasileirada, sendo um dos pianistas mais aclamados de blues do mundo, Ari Borger subiu ao palco simpático, realizando suas performances, a galera aplaudia em peso suas canções e eram acompanhadas por brincadeiras entre o músico e o público.

Jimmie entrou em seguida, um senhor de cabelos grisalhos, já passando dos 60 anos, entrou com sua banda Tilta-Whirl cumprimentando o público em português e dizendo como era bom estar em SP.

Jimmie Vaughan mostrou ao Samsung Blues Festival o que era um verdadeiro Blues Texiano com suas composições mais tocadas e aquelas que ele mesmo disse que não tocava a muito tempo. Blues que é Blues precisa ter uma composição relacionada a clássica encruzilhada Crossroads e nesse sentido deu sequência com “Dirty Work at the Crossroads”.

Jimmie Vaughan também recebeu a maravilhosa presença da cantora  de longa data (visto que a mesma participou junto da banda nos anos 1970 chamada Triple Threat Revue) Ann Lou Barton participou de algumas canções ao lado do grande guitarrista dando um toque feminino no festival.

E novamente George Benson realizando a sua segunda apresentação no Samsung Blues Festival, igual a primeira, mesmo figurino, mesmas músicas e você pode conferir como foi aqui! na Imprensa do Rock.

Resenha por: Victor Santos // Fotos por: Thiago Almeida
Agradecimento pelo credenciamento: Press Pass

Paula Alecio
Últimos posts por Paula Alecio (exibir todos)
Paula Alecio

Paula Alecio

Sou bióloga de profissão e metaleira de coração e alma. Adoro sempre conhecer novas vertentes no rock e no metal, ir aos shows alimenta minha alma sedenta de heavy metal, e me faz sentir viva. Por isso mantenho o site no ar, para ajudar nossas bandas a irem mais longe! Estamos juntos nessa estrada conflituosa e cheia de vicissitudes.